segunda-feira, 3 de setembro de 2007


E o Criador disse: Faça-se a Luz!
E a Luz se fez Mulher.
(Na foto de Carlos Manuel Pereira, para 1000 Imagens)


BALAIO PORRETA 1986
nº 2111
Rio, 3 de setembro de 2007



SETEMBRO, O9, 20:30
de Márcia Maia (PE)
[ in Tábua de Marés, 9/9/2004 ]

céu claro, sem lua
e um silêncio
repleto de estrelas


CADERNO DE ANDARILHO
/ fragmentos /
de Manoel de Barros (MT)
[ in Concerto a céu aberto para solos de ave, 1991 ]

Sapo de noite arregala o olho pra desmedir a saudade.
*
Cheio de vogais pelas pernas vai o caranguejo soletrando-se.
*
Certas palavras delinqüem como qualquer farmacêutico.
*
Os girassóis têm dom de auroras.
*
Lugar onde lua entra morcego desprefere.
*
Quando as sombras avançam na estrada é preciso aldear.


DESENCONTRO
de Mary (RN)
[ in Versos DeLírios ]

eu invento falta de tempo
para escapar
dessa falta de química


Humor
MULHER SUSPEITA
por Armando Negreiros (RN)
[ in Viva a Verve!, 2000 ]

Conhecido político paraibano, Raimundo Asfora, era notório pelas farras desmanteladas que fazia. Certa feita, já de meio lastro a queimado, acompanhado por duas gazelas cuja profissão o vulgo, erradamente, chama de "mulher de vida fácil", tentou entrar no clube mais elitista de Campina Grande, segunda maior cidade da Paraíba. O porteiro, respeitosamente, posto que Raimundo era deputado, o advertiu:
- As acompanhantes não podem entrar.
- Qual o motivo?
- São mulheres suspeitas.
- Suspeitas? Essas duas? De maneira nenhuma! Essas duas são putas, as suspeitas estão aí dentro.


UM BLOGUE PORRETA

Cidade dos Reis
, de Mário Ivo Cavalcanti.
Natal, poesia e literatura.
Humor, gente, cinema, política & memórias.

|||||||||||||||||||

É lei da história literária: sempre que a vida coletiva se agita de novas ansiedades e inquietações, não é fácil resistir ao abalo, por mais que a delicadeza da sensibilidade a ele se furte. É pois natural que a arte saia da torre de marfim e procure intervir nos esforços de renovação. (Hernâni CIDADE. O conceito de poesia como expressão da cultura. Coimbra : Arménio Amado, 1957, p.275)

[][][][][][]

Adeus,
MÁRIO CARNEIRO
(1930-2007)
- o cinema brasileiro está de luto.

12 comentários:

isabella benicio disse...

Coisa boa demais começar a semana com poesia e humor!
Belíssimos poemas, onde o silêncio fala tão claramente. Da Tábua de Marés da Márcia Maia já sou freqüentadora assídua... E é claro que agora vou me assuntar dos Versos Delírios de Mary. Obrigada pela dica. Belíssima a foto também.
Beijo, Moacy.

Vais disse...

Olá Moacy,
comerçar a semana sem passar por aqui não róla.
Gostei da mulher suspeita, ah, gostei de tudo, das poesias, das frases, da fotografia
abração

Patrícia disse...

Aqui, com toda certeza, é um poço de delícias... Da imagem ás poesias e Manoel de Barros pra fechar com chave de ouro a aurora da minha tarde... ;o)

beijos!!

sandra camurça disse...

Beleza, como sempre. Mas eu não sabia, meu caro, que você tem ascendência pernambucana de guerreiros tapuia, rsrs.

Beijos.

Francisco Sobreira disse...

Caro Moacy,
Muito boa essa anedota. E bons também os versos-frases de Manoel de Barros. E Mário Carneiro, cuja morte não sabia, foi um dos nossos principais fotógrafos. Um abraço.

Marco disse...

Caro mestre Moacy,
Manoel de Barros é covardia... É bom DEMAIS! Aliás, esta postagem está como o Balaio: porreta! Gostei muito do causo também.
Um abraço.
Carpe Diem. Aproveiteo dia e a vida.

Claudio Costa disse...

É vir aqui e me alimentar de bons pensamentos, boa prosa, notícias, cultura, humor. Abração.

Fernanda Passos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Passos disse...

O Caderno de Andarilho me inspirou por demais. Vou escrever pensando nesses versos.
Bjs.

Sonia disse...

Gostei de ler a Mary, a M�rcia Maia. Manoel de Barros �a va sans dire. Um abra�o.

Douglas disse...

O Balaio é sempre Porreta.
Abraços.

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Adorei Urbano por aqui e o CD Choros e Valsas você ainda não ouvi porque ainda não me comunicou seu endereço. Nos passe e a gente manda. Recebeu meu email com email de Urbano? Ele gostaria de falar contigo.

Abraço.