sexta-feira, 14 de março de 2008

BALAIO PORRETA 1986
n° 2258
Natal, 14 de março de 2008


POEMAS de
CHICO DOIDO DE CAICÓ

Liso, leso e louco, louco, leso e liséu
Putruco putruco putruco putrucu
Nasci aqui, não nasci em Jucurutu
Não vou rimar pulutrica com pitéu
Nem a bela Rosa com a doce Ritinha
O que eu quero mesmo é comer pinha.

[][][]

Pessoa, poeta maior,
Cabra macho que nem aquele
Eu só vi em Caicó
Se eu fosse português
Não seria inglês
Nem japonês
Seria como Zé Limeira
Paraibano de Lisboa
Montado num jumento
Diz o Novo Testamento.

[][][]

Amiga de bem trepar
Queres foder hoje
Até o mundo acabar?
Ou queres foder depois
Pros lados d'além-mar?
Amiga de bem querer
Queres ser chupada hoje
Até parar de chover?
Ou que queres ser chupada depois
Pra ser fudida e foder?
Oh amiga, minha amiga,
O que seria de mim sem você.

[][][]

Rio de Janeiro! Rio de Janeiro!
Só de pensar no meu Botafogo
Me dá uma vontade danada
De fazer poesia
Rio de Janeiro! Rio de Janeiro!
Só de pensar em suas mulheres
Me dá uma vontade danada
De ficar com a língua dura.

[][][]

Incrível Fantástico Extraordinário
Já champrei caicoenses e espanholas
Natalenses, portuguesas e cariocas
Paulistas, mineiras e cearenses
Gaúchas, argelinas e até uma americana
Mas nunca champrei uma pernambucana...

5 comentários:

benechaves disse...

Que medonho esse Chico Doido de Caicó, hein?! E além de tudo era botafoguense. Não sabia desta façanha do mesmo. Um cara, portanto, arretado!
E salve o Dia da Poesia!

Um abraço...

sandra camurça disse...

AHAHAHAHAHA...
Beijos, Chico Doido, ops, Moacy, não, melhor,
Um cheiro pra cada um.
Esse povo do sertão é danado de bom...rs...

Jens disse...

Moacy:
Delícia, delícia. delícia. Muito doido.
Um abraço.

Ane Brasil disse...

Chico doido do Caicó é o cara!
obrigado por apresentá-lo a mim, uma sulista lesada!
sorte e saúde pra todos!

Oliver Pickwick disse...

É um upgrade do cordel, um pavão misterioso anos depois. Mas o melhor mesmo é o nome do poeta: CHICO DOIDO DE CAICÓ.
Abraços!