domingo, 4 de maio de 2008


Copacabana à noite,
anos 20,
quando tivemos, no futebol,
os seguintes campeões cariocas:
1920 - Flamengo
1921 - Flamengo
1922 - América
1923 - Vasco
1924 - Fluminense
1925 - Flamengo
1926 - São Cristóvão
1927 - Flamengo
1928 - América
1929 - Vasco

Foto
através de
CopacabAna de Toledo


BALAIO PORRETA 1986
nº 2304
Rio, 4 de maio de 2008



MARACANÃ

Hoje é dia de Maracanã para duas grandes torcidas:
as do Flamengo e do Botafogo.
Esperamos que os dois times façam um grande jogo,
mesmo levando em conta o nervosismo de uma decisão.


OLHARES
Maria Maria
[ in Espartilho de Eme ]

Meus livros
vêem o retrato do tempo:
as nuvens em crisálida,
as asas se multiplicando,
o vôo dos sentidos.

Meus livros
olham a janela
e se embriagam
de poeira e luz.


FEIRAS DE CITAÇÕES ESPORRENTAS

A arte é a mais bela das mentiras.
(Claude Debussy)

O importante na obra de arte é o espanto.
(Charles Baudelaire)

Eu não procuro. Eu encontro.
(Pablo Picasso)

A arte existe para perturbar. A ciência tranqüiliza.
(Georges Braque)

A música é um ruído que pensa.
(Victor Hugo)

Um quadro que não choca não vale nada.
(Marcel Duchamp)

Uma rua de Paris é um rio que vem da Grécia.
(Gilberto Amado)

A pintura é uma poesia muda
e a poesia é uma pintura cega.
(Leonardo Da Vinci)

[ Fonte: Dualibi das citações, 2000 ]


A RELEITURA DO DIA

À sombra das chuteiras imortais, de Nelson Rodrigues. Sel. & notas: Ruy Castro. São Paulo : Companhia das Letras, 1993, 198p. [] O lirismo. O imponderável. A prosa poética. O sublime. A emoção. O estilo. O olhar metafórico. O iluminado. A pureza. A epopéia. A paixão. A vida. As obsessões. O Fluminense. O Flamengo. O Botafogo. O Vasco. O América. O Bangu. Os clássicos. As vitórias. As derrotas. Os grandes jogos. Os jogos sem importância. Os personagens. O cronista antológico das crônicas futebolísticas. "Na ótica privilegiada de Nelson, futebol sempre foi e há de ser arrebatamento. Paixão avassaladora. Chuteiras sangrando pela doce abstração de um gol" (Armando Nogueira).

6 comentários:

benechaves disse...

Moacy: gostei do poema 'Olhares', da Maria Maria. Muito bom!
E espero que o Botafogo vença o Flamengo hoje, apesar de saber da força flamenguista em decisões.
Olha: consegui gravar 'Un partie De campagne' com legendas em espanhol.Sei que perderei muito, mas certamente terei alguma idéia do filme.

Um abraço...

Jacinta disse...

Rapaz!
domingão, e até eu que não gosto de futebol, sinto-me contagiada com a "fusaca" que se se forma na minha rua. É cheiro de churrasco vindo de todos os cantos...uma farra.
Mas o poema. É de se embriagar com as palavras de Maria Maria.
Um abraço
Jacinta

Espartilho de Eme disse...

Obrigada por adicioná-lo ao balaio, Moacy. Beijos

ana de toledo disse...

Bons tempos...

Voltaire Rebelado de França disse...

Eu adoro futebol. Torço por nenhum time do Rio não, mas como o pernambucano acabou, estou de tv ligada vendo Flamengo e Bota.

Mme. S. disse...

belas citações, caríssimo.