sexta-feira, 6 de junho de 2008

Metaplagiando Milton Ribeiro
PORQUE HOJE É SEXTA,

a beleza de Nicole Kidman
BALAIO PORRETA 1986
n° 2332
Rio, 6 de junho de 2008

As mulheres são feitas para serem amadas,
não para serem compreendidas.

(Oscar Wilde)


Repeteco
Humor involuntário

AS REGRAS DO SEXO NOS ESTADOS UNIDOS

A revista Istoé que se encontrava nas bancas [em julho de 2004] publicou uma curiosa e engraçada matéria sobre As absurdas regras do sexo no país de W.C. Bushit, o maior e mais completo escrotonojentofeladaputosobostaico do mundo, hoje. Vale a pena conferir três delas, dignas da babaquice americana, recorrendo ao próprio semanário paulistano:

[] Em Nevada, "É ilegal a qualquer membro da legislatura conduzir negócios oficiais fantasiado de pênis, quando o Legislativo estiver em sessão", segundo a Lei. Mas, conforme a Istoé, "Não explica ... se o ilustre representante público pode ostentar o traje viril caso o plenário esteja em recesso".

[] Em Minnesota, por exemplo, "está totalmente proibido a um homem manter relações sexuais com um peixe vivo. No Brasil, o povão teria apelidado de Lei JK, em homenagem ao ex-presidente Juscelino Kubitschek e sua canção predileta. A lei, porém, é omissa no trato de peixes mortos".

[] Em Nova York, a sodomia não é proibida: "É perfeitamente legal até mesmo o chamado fist sex - o ato de introduzir toda a mão ou braço no esfíncter de alguém. A exigência que se faz é que o consentimento para a perfomance seja dado na frente de testemunhas ou em documento autenticado por notário. Imagina-se que os possuidores de sangue frio suficiente para se engajar numa manobra sexual destas não terão constrangimento em levar mais dois dedinhos de prosa no cartório para oficializar o contrato".

5 comentários:

benechaves disse...

Pois é, Moacy, muito boa a frase do Oscar Wilde, pois as mulheres a cada dia ficam mais incompreensíveis.
Olha: o desenho lá do blogue foi proposital. Não é, claro, uma boa figura. Mostra o homem rude, bruto, grosseirão, o homem das cavernas, com sua lenha no pescoço e uma mulher totalmente submissa. Desenho retirado do ''Google'.

Milton Ribeiro disse...

Por estranho que pareça, nunca retratei a Nicole, nem no blog anterior.

Não, nada contra a moça, é linda e dia desses baixei algumas fotos dela.

Poderia colocá-la no sábado, dia 14, pois o de amanhã já está pronto e talvez seja surpreendente.

Abraço.

P.S.- Tudo indica que o Flu está no Japão. Aí é que mora o perigo! Nada de festas, remember Flamengo!

Francisco Sobreira disse...

Caro Moacy,
Que beleza é Nicole Kidman. Uma das mais belas do cinema de hoje. A frase de Wilde, um grande autor de frases, me fez lembrar uma fala em Monsieur Verdoux, Chaplin: "Eu amo as mulheres, mas não as admiro". Abraço.

Maria Maria disse...

Oi, Moacy, qual o poema do espartilho que você falou a Nei? Ele me perguntou, mas eu não sei lhe dizer. Olha, postei algo lá na casa. Visita, tá? Acho a Nicole linda, além de talentosa. Beijos

marilia jackelyne disse...

Regras malucas de um país maluco.

Eu gosto da Nicole.

Abç

marilia


aindapodiaserpior.blogspot.com