quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Sobrado do padre Brito Guerra,
inaugurado em 1811, atual
Casa de Cultura Popular de Caicó.
[O padre e político Brito Guerra,
em testamento, deixou bens para seis filhos,
dos quais cinco com a mesma mulher.]
Foto: Inês Motta
(em plena Festa de Sant'Ana/2009)

BALAIO PORRETA 1986
n° 2742
Natal, 5 de agosto de 2009


Os vigários seridoenses, sobretudo a partir de séc. XIX, sempre tiveram casos amorosos. Pelo menos, em sua maioria. O padre Brito Guerra, por exemplo, era famoso por suas habilidades políticas e por suas conquistas amorosas. (Uma delas, com a mulher casada de um figurão de Caicó, ficou conhecida como 'O caso do lobisomem': o Balaio a publicará em breve.) Nada contra. "Amai-vos uns aos outros", afinal, é um preceito bíblico. Dos mais saudáveis.


Memória
OS 25 MELHORES FILMES ERÓTICOS DE TODOS OS TEMPOS

Segundo a revista Ele Ela (Rio), de novembro de 1990:

O império dos sentidos (Oshima, 1976)
Os cafajestes (Ruy Guerra, 1962)
Os amantes de Maria (Konchalovski, 1984)
E Deus criou a mulher (Vadim, 1956)
O último tango em Paris (Bertolucci, 1972)
Menina bonita (Malle, 1977)
A dama do lotação (Neville D’Almeida, 1978)
A bela da tarde (Buñuel, 1967)
Dona Flor e seus dois maridos (Bruno Barreto, 1976)
A vergonha da selva (Picha, 1976), animação
Histoire d’O (1975)
O pecado mora ao lado (Wilder, 1955)
Bete Balanço (Lael Rodrigues, 1984)
Calígula (1979)
Eu te amo (Arnaldo Jabor, 1981)
9 e ½ semanas de amor (Lyne, 1986)
Nosferatu, o vampiro da noite (Herzog, 1979)
A menina do lado (Alberto Salva, 1987)
Emmanuelle (Jaeckin, 1974)
O amante de Lady Chaterlley (Jaeckin, 1982)
Amor, estranho amor (Walter Hugo Khoury, 1982)
O ano azul (Sternberg, 1930)
A dama de vermelho (Wilder, 1984)
Crônica do amor louco (Ferreri, 1981)
A mulher do lado (Truffaut, 1981)

Em tempo:
No mesmo número da Ele Ela, Nas graças de Beja, quadrinhos (coloridos) de Ofeliano d’Almeida, tendo como personagem principal – além de Dona Beja – um tal de Moacy Cirne, vivendo uma aventura erótico-delirante nas terras mineiras de Araxá.


PRECE
DAIANY FERREIRA DANTAS (Mossoró, RN)

Para Auta de Souza

Como quem sonha um pássaro
como quem prende um suspiro
como quem caminha nu
transpirando luz e lírio
como ao orvalho da dor
eu te respiro

[ in 13 poetas novos. Natal: FJA, 2002 ]


PER SECULA SECULORUM
Liria Porto
[ in Tanto Mar ]


tornei-me o invólucro da tua boca
sou eu o teu beijo permanente
ao beijares outra boca beija-a sôfrego
beija-a sedento
estarás a beijar-me como louco
em todos os sabores
e indecências


VERSOS DE CIRCUNSTÂNCIA
Márcia Maia (PE)
[ in
Tábua de Marés ]

às seis da tarde
sem lágrima
ou sino
a lua
guarda
em mim
a tua ausência


Repeteco / Memória 1933

A PROPOSTA POLÍTICA DE UM CANDIDATO A PREFEITO

O fato aconteceu em Mossoró, RN, em 1933, e se encontra narrado no livro Um estado de "graça", de Celso da Silveira. O candidato a prefeito Pedro Artur da Silveira Martins se apresentou com a seguinte plataforma política: 1. Comprarei um carro fúnebre a fim de que os defuntos tenham mais conforto; 2. Mandarei construir banheiros públicos dentro do rio para acabar com o nu aquático; 3. Determinarei a construção de mictórios públicos, separando os homens das mulheres; 4. Não permitirei mais as conhecidas exibições jumentícias no meio da rua, pois mandarei recolher os animais ao curral da Prefeitura, ficando isolados dos outros bichos; 5. Por motivos óbvios, mandarei riscar o 24 do número do Jogo do Bicho.

Ao que consta, o Sr. Pedro Artur não se elegeu.

21 comentários:

Mme. S. disse...

lindo poema de Márcia Maia... beijos, querido.

Dilberto L. Rosa disse...

Rapaz, e não é que a Inês é uma ótima fotógrafa? Vindo de lá de sua participação na festa em que estavas! Calígula é trash e Último Tango é depressivo demais para ser considerado erótico e Dama do Lotação só vale pela beleza estonteante de Sônia Braga... Abração!

P.S.: Caso interessar possa, acrescentei o videozinho prometido sobre Sarney, uma sátira sobre o filme A Queda, muito legal!

líria porto disse...

cada cidade com suas peculiaridades - na minha cidade, do que sei, os padres não gostam de mulher... risos

adoro estar no balaio!

araxá - fui lá dia desses - a terra de beja é uma delícia!

besos

nina rizzi disse...

vim mais cedo e fiquei na saudade. encabeçando a lista já está um de meus pornoritos. não sabia que a história de O tinha virado filme (imperdoável), mas é das melhores leituras, bem como o bukowski.

araxá é linda tanto quanto os banhos, de lama ou não, que o tal moacy cirne deve de ter tomado com a beja, hm?

essa marcia maia é porreta. agorro-me na poeta, mas fujo da médica.

aqui em fortaleza já tivemos prefeitos mais homofóbicos e com plataformas mais absurdas. afazeres os mesmo que o ser. arthur não-eleito: nada.

saio a beijar, por séculos, "minha lila pôto".

beijo, moacy :)

Francisco Sobreira disse...

Caro Moacy,
Como você esqueceu o nome do diretor de Histoire d'O, fiquei em dúvida se não é o Marquise d'O, de Rohmer. Se for, não acho que seja um filme erótico. Sem conhecer mais 5 filmes, gostei da lista. Um abraço.

Moacy Cirne disse...

Sobreira,
quem esqueceu foi a "Ele Ela" (e não tive paciência de procurar o seu nome). E, claro, não se trata do filme de Rohmer.

Um abraço.

AB disse...

Quantas saudades, amigo querido. Bom retornar e encontrar tudo como antes, ou seja: muito, mas muuuito bom!!
(Acantha)

BAR DO BARDO disse...

Celso da Silveira - o conheci, tive este prazer. Pai do meu melhor amigo, o Eli Celso (poeta dos bons).

Gostei de tudo.

Você pode ficar com a sua Ava Gardner, mas me dê a Catherine Deneuve pra mim!

Marcos disse...

Dilberto:

Além da grande beleza de Sonia Braga, "A dama do lotação" conta com a grande beleza da canção "Pecado original", de Caetano Veloso num de seus maiores momentos.
Abraços:

Marcos Silva

Jens disse...

Pô, eliminar o 24 é discriminação!

Lou Vilela disse...

É bom vir aqui... rio, fico indignada, babo com as poesias (a seleta de hoje está fantástica), suscito lembranças... e sempre me emociono!

Abraços!

Maria Paula Alvim disse...

Lembrei-me da plataforma do Jânio Quadros - quase tão viajada quanto. A diferença é que ele se elegeu ( e deu no que deu). Da Líria já sou fã de carteirinha faz tempo. Gostei mto de conhecer os versos de Márcia e Daiany. Seus posts são mto ricos, Moacy, dá gosto ler.

Dora disse...

Olá, Moacy. Fiquei surpresa de ver que assisti a mais filmes da lista dos eróticos, do que os filmes da lista de personagens inesquecíveis do Sobreira...
Boa surpresa ver Márcia Maia aqui, sem desmerecer dos demais poemas os quais são escolhidos a dedo, eu sei...rs
Fiquei fã do padre Brito Guerra. Era "guerreiro", pois...
Venho sempre ler suas postagens.
Hoje resolvi conversar.
Abraço, Moacy.
Dora

Bosco Sobreira disse...

Mais uma excelente escolha de poemas/poetas para nosso deleite.
Forte abraço, meu caro.

Soninha disse...

Olá, Moacy!
Que máximo a proposta do político. Ri muito.
Os poemas escolhidos de hoje, muito bons.
Como sempre, seu trabalho de pesquisa nos encanta. Seu critério de escolha e a forma como você posta, fica muito bom.
O casarão do padre é lindo e a história dele é divertida. Adorei conhecer.
Bem, você não precisa de elogios, mas, o parabenizo pelo seu trabalho.
Excelente restinho de semana. Bom trabalho.
Muita paz! Beijosssssssss

Mirse disse...

Boa noite, Moacy!

Parabéns à inês Mota pelo belo lance fotográfico, do sobrado de um padre normal.

Incrível: dos filmes, consta como vistos em minha memória:
O IMPÉRIO DOS SENTIDOS
O ÚLTIMO TANGO EM PARIS
A DAMA DO LOTAÇÃO
9 1/2 SEMANAS DE AMOR
EMANUELLE
O AMANTE DE LADY CHATERLLEY

Mas vi os filmes como arte .

Liria Porto, eterna e imbatível, Márcia Maia, belíssimo poema!

Beijos

Mirse

homoluddens disse...

Putz Moacy não assisti nenhum filme da lista. Eu devo ser muito casto. Mas para compensar essa minha lacuna erótica vou lá na Biblioteca Nacional procurar por esse quadrinho... Depois te conto o que eu achei.

pituleira disse...

Moacy,Casa da Cultura,Padres raparigueiros,olha cara tinha uns viados também,filmes de putaria, Daianny,Liria Porto,Marcia Maia e as propostas de Pedro Artur. Pedro tinha que ser de Mossoró. Vc será o candidato a Prefeito do Bar de Ferreirinha em Caicó.Aceita?O Balaio como sempre,DEMAIS.

Ines Motta disse...

Olá, Moacy.
Amei a seleção de poemas do Balaio.
Os filmes, uma ótima lista, dos quais lembro que vi:

O império dos sentidos
Os cafajestes
Os amantes de Maria
O último tango em Paris
A dama do lotação
A bela da tarde
Dona Flor e seus dois maridos
Histoire d’O
O pecado mora ao lado
Bete Balanço
Calígula
9 e ½ semanas de amor
Nosferatu, o vampiro da noite
O amante de Lady Chaterlley
Amor, estranho amor .

Beijosss!

Maria Maria disse...

Menino!
Esse poema da Mossoroense, dedicado a Auta de Souza, é lindo!!!!
Beijos,

Maria Maria

Marco disse...

Essa lista tem filmes ótimos, bons e nem tanto. Os poemas da postagem são maravilhosos. Você tem bom olho para descobrir estas preciosidades.
Carpe Diem.