quinta-feira, 24 de setembro de 2009


Areia Branca, RN
Foto de
Alexandro Gurgel


BALAIO PORRETA 1986
n° 2793
Rio, 24 de setembro de 2009

O Ministério da Saúde Balaiográfica adverte:
conservadorismo e puritanismo provocam câncer.
(in Balaio n° 985, de 7 de julho de 1997)


POEMANGOLAGRAFISMO
de Moacy Cirne

[ Clique aqui ]



Memória 1997
A POESIA E O POEMA BRASILEIROS:
DEZ LIVROS FUNDAMENTAIS
segundo
Sebastião Nunes
[ in Balaio n° 994, de 20 agosto de 1997 ]

Últimos sonetos (Cruz e Souza)
Eu e outras poesias (Augusto dos Anjos)
A rosa do povo (Carlos Drmmond de Andrade)
A ave (Wlademir Dias Pino)
A educação pela pedra (João Cabral)
Anatomia da musa (José Paulo Paes)
Poemobiles (Augusto de Campos & Julio Plaza)
Cantaria barroca (Affonso Ávila)
Poesia pois é poesia (Décio Pignatari)
Livro de pré-coisas (Manoel de Barros)


TODA MULHER TEM ALGO
Poema de Marcos Silva
Musicado por Mirabô Dantas
[ in Mares potiguares, cd de 2007 ]

Toda mulher tem algo de beleza:
A fúria, o olho, a incerteza.

Toda mulher tem algo de perigo:
O medo, a pele, o desabrigo.

Toda mulher tem algo de ternura:
A língua, o sono, a teta dura.

Toda mulher tem algo de carrasco:
O sopro, a força, o sentir asco.

Toda mulher tem algo de improviso:
O nervo, a sede, o ventre liso.

Toda mulher tem algo de arrepio:
O verso, a hora, o desafio.

Toda mulher tem algo de sufoco:
O dente, a estrada, o novo soco.

Toda mulher tem algo de tijolo:
O grito, a alma, o miolo.



POETRIX
Valéria Tarelho
[ in Impura Poesia ]

dentro de mim
mora uma vadia
que trepa com rimas
a troco de poesia

dentro de mim
habita uma pueta
que de esquina em esquina
se estrepa em estrofes
(só se fode)

dentro de mim avança
essa mulher à margem

: à minha imagem
e semelhança


DILEMA BOCAGEANO
Bartolomeu Correia de Melo
(Setembro/2009)

Foder ou não foder, eis a questão
que me impõe reflexão triste e profunda,
pois doutores proíbem meu tesão
por tua bela vulva ancha e rotunda.

Foder ou não foder, eis a questão
que me atormenta a mente vagabunda
quando, assim, sem mostrar malintenção,
mostras regos de peitos e de bunda.

Foder ou não foder, eis a questão
que, me pondo o juízo em barafunda,
ingratamente, obriga que confunda

com frigidez teu zelo e devoção;
que, embora me contendo, ainda redunda:
Foder ou não foder, eis a questão...


La Jornada / Carta Maior
ENTREVISTA COM NOAM CHOMSKY

A América Latina é hoje o lugar mais estimulante do mundo. Pela primeira vez em 500 anos há movimentos rumo a uma verdadeira independência e separação do mundo imperial. Países que historicamente estiveram separados estão começando a se integrar. Esta integração é um pré-requisito para a independência. Historicamente, os EUA derrubaram um governo após outro; agora já não podem fazê-lo.

O Brasil é um exemplo interessante. No princípio dos anos 60, os programas de (João) Goulart não eram tão diferentes dos de Lula. Naquele caso, o governo de Kennedy organizou um golpe de Estado militar. Assim, o estado de segurança nacional se propagou por toda a região como uma praga. Hoje em dia, Lula é o cara bom, ao qual procuram tratar bem, em reação aos governos mais militantes na região. Nos EUA, não se publicam os comentários favoráveis de Lula a Chavez ou a Evo Morales. Eles são silenciados porque não são o modelo.
[ Clique aqui para ler a matéria na íntegra ]

12 comentários:

Jota Effe Esse disse...

Como sempre, gostei de todos os poemas e textos encontrados aqui. Meu abraço.

Fatima disse...

Tudo muito bom Moacy, mas "TODA MULHER TEM ALGO
Poema de Marcos Silva
Musicado por Mirabô Dantas"
que trem bonito heim! Gostaria de conhecer a música.
Tá sumido lá de casa em seu minino!
Bjs.

assis freitas disse...

Eis a questão: very good. Como a gente diz por aqui: tá do caralho!

Mariana Botelho disse...

bão demais da conta!

BAR DO BARDO disse...

Muito bom o meu balaio...

Mme. S. disse...

Viva a poesia de Marcos Silva e Valéria Tarelho. Viva você!

Lívio Oliveira disse...

Boa a dúvida de Bartolomeu...

Marcos disse...

Fátima e Mme.S.:

Obrigado pelo comentário. Entrem em contato comigo (marcossilva.usp@uol.com.br), veremos como vcs podem ouvir a música.
Abraços:

Marcos Silva

Mulher na Janela disse...

eis a questão.

deixemos o id falar mais alto, então!

beijos do seridó, grande mestre moacy!

nina rizzi disse...

oi moacy,

gossto do tião de las nubes. fiquei passada com seus "inclames".

gostei demais de seu poema, a mãe manda lembranças.

eu optava pelo sim, mas estando tão longe do doutor, fico, por hora, com o não :s

êta balaio bão, sô.
um beijo.

líria porto disse...

penduro na gola
uns bottons de angola
a língua me embola
: eita povo lindo

beosssssssssss

Alex Gurgel disse...

É sempre uma honra ter minhas fotos expostas nesse balaio porreta. Grande abraço.