terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Foto:
Dale Jordan


BALAIO PORRETA 1986
n° 2877
Natal, 22 de dezembro de 2005

As fotos de Canindé Soares não enganam: o desfile Estrela de Natal, promovido pela cafonice-mor chamada Micarla de Sousa, não passa de um aparato carnavalesco de quinta categoria. Aconteceu, portanto, o que se temia: carnavalizaram o Natal em Natal.
(Moacy Cirne, 2009)


OLHARES
Maria Maria
[ in Espartilho de Eme ]

Meus livros
veem o retrato do tempo:
as nuvens em crisálida,
as asas se multiplicando,
o vôo dos sentidos.

Meus livros
olham a janela
e se embriagam
de poeira e luz.


FEIRAS DE CITAÇÕES ESPORRENTAS

A arte é a mais bela das mentiras.
(Claude Debussy)

O importante na obra de arte é o espanto.
(Charles Baudelaire)

Eu não procuro. Eu encontro.
(Pablo Picasso)

A arte existe para perturbar. A ciência tranquiliza.
(Georges Braque)

A música é um ruído que pensa.
(Victor Hugo)

Um quadro que não choca não vale nada.
(Marcel Duchamp)

Uma rua de Paris é um rio que vem da Grécia.
(Gilberto Amado)

A pintura é uma poesia muda
e a poesia é uma pintura cega.
(Leonardo Da Vinci)


PRESSA
Líria Porto
[ in Tanto Mar ]

desce a ladeira
faz zigue-zague
tropeça nas pedras
mergulha no abismo
tem sede de mar
de sereia
de sal

ô rio moleque
sem breque
nem olha
pra trás


MAIS VOCABULÁRIO SERIDOENSE
[ Fonte: Palavreado cá de nós,
de Max Antonio Azevedo de Medeiros ]

Abestado : Desatinado; Bobo
Abudegado : Afobado; Nervoso
Acatruzar : Aborrecer; Importunar
Boi : Menstruação
Cubá : Observar; Avaliar

Cu-de burro : Encrenca; Confusão
Cu-de-cana : Bêbado; Cachaceiro
Embuaceiro : Briguento
Embuchar : Engravidar
Empiriquitado : Enfeitado; Elegante
Enrabichado : Apaixonado; Enamorado
Entupigaitar : Atrapalhar-se; Desorientar-se
Estrupício : Coisa esquisita; Coisa complicada
Farinheiro : Ânus
Foba : Ânus
Fresco : Homossexual
Frucudo : Folgado; Divertido
Fuanga : Prostituta
Furunfar : Manter relações sexuais
Impofento : Antipático
Lambisgóia : Indivíduo magro
Mangar : Caçoar; Zombar
Marafaia : Prostituta
Papudinho : Cachaceiro
Pei-bufo : De imediato; Nesse momento
Perseguida : Vagina
Porta-jóia : Vagina
Prativai : Pênis
Trozoba : Pênis
Truviscado : Embriagado
Vuco-vuco : Loja que vende quinquilharias
Xirimbaba : Adulador; Puxa-saco
Xiringar : Dar uma esguichada; Jogar um jato d'água
Zurupenga : Sonolento; Embriagado; Adoidado

Nota:
Algumas dessas expressões são
usadas em todo o Rio Grande do Norte,
ou mesmo em Estados vizinhos.



Repeteco
BALAIO INCOMUN
Folha Porreta
VII / n° 493
Rio, 1 jun 1993


O DIÁRIO SECRETO DE LAMPIÃO
(Fonte inicial: Papa-Figo, de Recífilis)

Baixa-da-Égua (24/6/24)
Querido diarim. Hoje tô tão arretado que capei cinco e arranquei as pregas de mais oito cabras que soltaram uma indecênça pra Maria Bunita. A culpa também foi dela, pra que eu fui deixar a danada passar o carnaval em Olinda? A criatura voltou cheia de ideias, capaz inté de ter fumado maconha por lá. Ainda por cima agora tá achando que tá prenha. Se o minino sair galego eu sangro Corisco. Ou será que ele pensa que num tô notando o jeito que ele vive cubando as entrecoxas de Maria Bunita quando ela tá de cócas. Também ela precisa acabar com essa mania besta de não usar calçolas, parece inté que a sua priquita num tem dono. Tem, sim senhor.

Oiti-da-Mãe-Joana (24/8/24)
Querido diarim. Esse negócio de eu só escrevinhá no dia 24 é coincidênça, viu, que eu sou muito do macho. Hoje tô de novo arretado, com vontade de arengar com o primeiro fidaputa que aparecer na minha frente. Corisco tá com jeito de quem tá querendo enfeitar minha testa, mas antes disso eu como os ovos dele com queijo e cuscuz. Aquele galego da pustema num tira o olho da minha nega. Só porque a mulher dele é Dadá ele pensa que toda mulher é só olhar que ela dá dá. Derna que disseram que ele vai aparecer num filme de um tal de Glauber Rocha que Corisco só tá querendo ser o coisa e tal, tombém com aquele cabelão de frango que ele usa tinha que terminar dando pra artista, viado ou professor da UFF. Vai acabar metido em grevença.

Pau-dos-Ferros-da-Gota-Serena (23/2/25)
Querido diarim. Andando por esse mundão de Deus e do meu Padim Ciço, dá pra perceber, o Brazil tá fudido. Tanta riqueza, tanta miséria e tanto cabra safado sem macheza nenhuma. Será que foi tudo capado? Não sô profeta, mas um dia, lá pelas horizontanças de 89, 91, 93, sei lá quando, machos e fêmeas que ensinam o abecê da filosomia e que trabalham pru guverno federal ainda vão pegá nas armas do saber e abalá o paiz. Maria Bunita e o cabra Leontino concordam comigo. Então, o sertão vai virá mar, o mar vai virá sertão.

Arre-Égua-do-Norte (25/3/25)
Querido Diarim. Hoje dei um trompaço num cabra que se meteu a besta com Maria Bunita. Depois mandei Jararaca arrombar o fi-o-fó lá dele e cortar a macheza do dito cujo. Eu num danço conforme a musga, danço conforme o contravento. Num sô homem pra perder tempo com miolo de quartinha. Por isso mesmo Corisco nunca mais olhou pras pernas da minha bixinha. Quem pode carrega e sai, quem num pode carrega e cai. Quem tem Maria Bunita, tem cheiro e cafuné.

Canapi-da-Bosta-de-Jumento (13/7/25)
Querido diarim. Bem que ocê poderia ser um Diadorim, se bem que Maria Bunita já é a neblina dos meus encantalamentos. Mas um dia um escrevinhador retado de luas e marés ainda vai diadorinhá a vida do grande sertão pra que os outros e muitos outros possam lê e aprendê. Num sei se estarei vivo pra ver tudo isso escrito e bem escrito. Mas, num é nada, num é nada, esteja onde estiver, aqui, acolá, além, darei meu sorriso de sartisfação. Afinal, bangalafumenga nenhum, mesmo no Inferno, vai me impedir de continuar macho. A macacada que se cuide. Sei que desgraça pouca é bobagem, mas nos futuros um tal de Fernandim das Alagoas vai querer desgraçar a vida do paiz. É uma pena, já estarei morto, senão cozinhava em azeite de dendê as partes roxas lá dele. Os cabras iam adorar.

[ Texto estabelecido pelo Prof. Jomard Martins Marconi da Costa ]

10 comentários:

líria porto disse...

não sei se primeiro agradeço estar no balai, ou se rio! esse diarim inaugura meu dia!!

obrigada, moa - da foto da moça tão igual ao andar de uma criança, de uma flor, ao final.

também não procuro - eu acho!

besos

Assis Freitas disse...

Caraca, um balaio pra ser degustado aos poucos, a começar pela foto. Tô abestado.

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Hoje, um Balaio, como quase todos os dias, nota 10. O diarim, a foto, as poesias e esse maravilhoso reinventar da lingua o VOCABULÁRIO SERIDOENSE, ADOREI todo ele mas a perseguida é a minha favorita!!! Bendita Língua que tais falantes tem e a sabem reinventar a cada instante, maravilha, meu caro!
VOTOS DE FELIZ NATAL E UM OTIMO 2010 PARA VOCE, FAMILIA E O BALAIO.

Tahiane disse...

belo foto, como sempre belo post...

micarla deve estar tentando transformar o natal em carnaval pra transmitir pela tv ponta negra... Contando a quantidade de gringo que vem por aqui atrás de mulher pelada quem sabe não mudam o nome da cidade mesmo? umas mamães noeis com roupas minusculas sambando uma versão de alguma musica ntalina...

dade amorim disse...

Moacy querido, vim te desejar um Natal porreta e encontro esse bom humor nordestino, essa alegria tanta que nem precisa de mais.
Assim mesmo, vou deixar meus votos aqui no cantinho da porta pra tu pegar, visse meu santo?

Beijão.

C.Pinho disse...

"Tampa de furico", outra do vocabulário seridoense. Caboré diz no seu blog que seu neto é tampa de furico!

nina rizzi disse...

Moacy, a moça parece estar saindo dos sonhos... isso me lembrou o anjo azul, já ellenizado...

A Luizianne Lins, evoé, colocou pela cidade árvores de natal de garrafas pet, noutros pontos apenas bolas de pepel reciclado sobre as árvores, dá gosto ver. Só mesmo o boulevard, repleto das lojas de madames, é que tá suntuoso demais, mas aí é financiado por essas 'lojinhas'...

Eu, que vivo a rir de mim, fico com o diário de Virgulino, ele também gosta de santinhas.. rsrsrs.. hm, um rio que me leva à Liria.

E olha que bela citação: "a música é a mais dionisíaca das artes", Nietszche.

Um cheiro abudegado da minha Pasárgada.

daufen bach. disse...

OLá,
depois de algum tempo afastado, passando para te visitar, te ler e desejar um final de ano repleto de paz e alegria!

Que 2010 seja um ano primoroso e cheio de venturas... que possam se tornar possíveis todas as tuas aspirações.

GRANDE E FORTE ABRAÇO! LINDAS FESTAS!


daufen bach.

Nydia Bonetti disse...

Passei para desejar Boas Festas, Moacy! Se bem que por aqui tudo é sempre uma festa. Então, que em 2010 a festa continue! Foi bom estar aqui. Beijinhos!

Henrique Pimenta disse...

líria é um amor