segunda-feira, 3 de janeiro de 2011


CINEMA 2010

Os melhores filmes vistos nos cinemas & centros culturais:


1. A tomada do poder por Luís XIV *** (Rossellini, 1966)

2. No quarto da Vanda *** (Pedro Costa, 2000)

3. Crônica de um verão *** (Rouch, 1960)

4. Filme socialismo ** (Godard, 2010)

5. Essential killing ** (Skolimowski, 2010)

6. Número zero ** (Eutasche, 1971)

7. Vincere ** (Bellocchio, 2009)

8. O segredo dos seus olhos ** (Campanella, 2009)

9. Decálogo, 2 ** (Kieslówski, 1988)

10. Decálogo, 3 ** (Kieslówski, 1988)

11. Ervas daninhas ** (Resnais, 2009)

12. Tudo pode dar certo * (Allen, 2009)

13. Um homem um tanto gentil * (Moland, 2010)

14. Fragmentos de uma conversa com Godard * (Fleischer, 2007)

15. Diário de Sintra * (Paula Gaitán, 2007)

16. Brilho de uma paixão * (Campion, 2009)

17. Mother – A busca pela verdade * (Bong, 2009)

18. A fita branca * (Haneke, 2009)

19. Utopia e barbárie * (Sílvio Tendler, 2009)

20. Abraços partidos * (Almodóvar, 2009)

21. Invictus * (Eastwood, 2009)

22. As melhores coisas do mundo * (Laís Bodansky, 2009)

Em casa:

1. Satantango *** (Tarr, 2004)

2. Muito cedo, muito tarde *** (Straub & Huillet, 1982)

3. Legião invencível ** (Ford, 1949)

4. The Chelsea girl ** (Warhol, 1966)

5. Optical poema ** (Fischinger, 1938), curta/abstração

6. Pacific 231 * (Mitry, 1955), curta


38 comentários:

Lou Vilela disse...

Salve, salve! Bom 'revê-lo'! :)

Bjs

Mariana Botelho disse...

salve, moa! que saudade disgramada!

Jens disse...

Vergonha,vergonha...O único filme que vi no ano passado foi Tropa de Elite 2. Gostei.

Um abraço Moacy.

Diz disse...

Olá! Feliz 2011 p vc e família.
Vi meu blog ai ao lado, hj c pássaros, ficou tão bonitinho- obrigada. Eu sumi, sei, ano passado foi de doer p mim. Espero q este seja melhor. Abs, Laura

Ricardo Alfaya disse...

Oi, Moacy,

Ando meio desgarrado, perdi seu endereço, mas estou sempre lembrando de ti. Estou fazendo um levantamento de todas as páginas em que, penso, ainda existo na Internet. E do blog da Thereza Rocque, vim parar aqui. Atualmente estou desblogado. Lancei outro livro dentro de outro livro: "Frutos da Paixão", em "Vertentes". Novamente com o Márcio Catunda na base de apoio. Quisera tê-lo atormentado com um exemplar, mas nem sei mais se tu tá aqui ou in Caicó. Mas segue aí meu endereço de e-mail para o caso de vc querer dar um "alô":
ricardo1292@hotmail.com

Um grande abc, Feliz 2011!
Ricardo Alfaya

Ane Brasil disse...

As acontecência futebolísticas foram ótimas... não tão boas no final do ano mas... que 2011 seja um ano de mais bola no pé e na rede!
Passando pra desejar feliz ano novo enquanto o ano ainda tá novinho.
Sorte e saúde pra todos!

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo o que tem pra ler. E observando o que tem para observar. E Exaltando o que tem de ser Exaltado. Estou lhe desejando um Tempo de Harmonia e de muita Inspiração. Entendo ter um blogue Agradavel, muito bom e Interessante. Eu, também tenho um. Muito Simplório por sinal. E estou lhe Convidando a Visitá-lo e, mais. Se possivel Seguirmos juntos por eles. Estarei Muito Grato esperando por Você lá.
Abraços de verdade e, fique com DEUS

Sandra Porteous disse...

Moa,
É tão bom saber que você está retomando o Balaio! Viva! Estamos com saudades suas.
Um abraço,
Sandra

Dilberto L. Rosa disse...

Oxente, cabra da peste: voltas na surdina desde o ano passado e nem avisas?! Coisa mais feia...

Mas bem mais feio fui eu, sem quase ver filme no ano passado... Nem o xarope Invictus eu vi!

Do Decálogo do Kieslowski, só vi o lançado para o Cinema: "Não Amarás" e "Não Matarás"... Abração!

Anônimo disse...

Moacy
Vamos reativar este balaio de fato que os tempos que se seguem precisam do BALAIO.
ab
joão antonio
campinas sp

Sandra Porteous disse...

Moa,
Estou com saudade dos seus textos e comentários. Um abração Sandra

sandra camurça disse...

Moacy, disse certa vez que não gostava de falar em saudade mas devo confessar que tou com uma saudade danada de você.
Beijo afetuoso.

anin disse...

vi alguns bons filmes em 2010, mas um valeu pelo ano todo. é de 97 mas eu nao o conhecia: Meu filho, o fanático. de Prasad. Bom demais. Depois dele vi The Yellow Handkerchief - tb de Prasad, mas este de 2010. Poderia ser lugar comum. Não é. Pela forma lenta e convincente como são mostrados os segredos dos 3 viajantes insólitos.
Ah, tb estou com saudades. De mais e mais tempo.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Bela lista, Moacy.
Apareça no meu blog sobre cinema.
Abraço bom

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

nina rizzi disse...

olha, um sujeito da terrinha.

e no meu 2011, até então, fico com a cena d'O solista, a língua do lamento, violoncelo, nas ruas. é demais, camarada.

beijo.

sandra camurça disse...

Feliz aniversário, querido!!!

meus mais doces beijos procê

Lou Vilela disse...

Feliz Aniversário, mestre Moa! ;)

Um beijo

nina rizzi disse...

POEMA DE OUTUBRO
Dylan Thomas; trad. Ivan Junqueira

Era o meu trigésimo ano rumo ao céu
Quando chegou aos meus ouvidos, vindo do porto
e do bosque ao lado,
E da praia empoçada de mexilhões
E sacralizada pelas garças
O aceno da manhã

Com as preces da água e o grito das gralhas e gaivotas
E o chocar-se dos barcos contra o muro emaranhado de redes
Para que de súbito
Me pusesse de pé
E descortinasse a imóvel cidade adormecida.

Meu aniversário começou com as aves marinhas
E os pássaros das árvores aladas esvoaçavam o meu nome
Sobre as granjas e os cavalos brancos
E levantei-me
No chuvoso outono
E perambulei sem rumo sob o aguaceiro de todos os meus dias.
A garça e a maré alta mergulhavam quando tomei a estrada
Acima da divisa
E as portas da cidade
Ainda estavam fechadas enquanto o povo despertava.

Toda uma primavera de cotovias numa nuvem rodopiante
E os arbustos à beira da estrada transbordante de gorjeios
De melros e o sol de outubro
Estival
Sobre os ombros da colina,
Eram climas amorosos e houve doces cantores
Que chegaram de repente na manhã pela qual eu vagava e ouvia
Como se retorcia a chuva
O vento soprava frio No bosque ao longe que jazia a meus pés.

Pálida chuva sobre o porto que encolhia
E sobre o mar que umedecia a igreja do tamanho de um caracol
Com seus cornos através da névoa e do castelo
Encardido como as corujas Mas todos os jardins
Da primavera e do verão floresciam nos contos fantásticos
Para além da divisa e sob a nuvem apinhada de cotovias.
Ali podia eu maravilhar-me
Meu aniversário Ia adiante mas o tempo girava em derredor.

Ao girar me afastava do país em júbilo
E através do ar transfigurado e do céu cujo azul se matizava
Fluía novamente um prodígio do verão
Com maçãs
Pêras e groselhas encarnadas
E no girar do tempo vi tão claro quanto uma criança
Aquelas esquecidas manhãs em que o menino passeava com sua mãe Em meio às parábolas
Da luz solar
E às lendas da verde capela

E pêlos campos da infância duas vezes descritos
Pois suas lágrimas me queimavam as faces e seu coração
se enternecia em mim.
Esses eram os bosques e o rio e o mar
Ali onde um menino
À escuta
Do verão dos mortos sussurrava a verdade de seu êxtase
Às árvores e às pedras e ao peixe na maré.
E todavia o mistério
Pulsava vivo Na água e nos pássaros canoros.

E ali podia eu maravilhar-me com meu aniversário
Que fugia, enquanto o tempo girava em derredor. Mas a verdadeira
Alegria da criança há tanto tempo morta cantava
Ardendo ao sol.
Era o meu trigésimo ano
Rumo ao céu que então se imobilizara no meio-dia do verão
Embora a cidade repousasse lá embaixo coberta de folhas no sangue de outubro.

Oh, pudesse a verdade de meu coração
Ser ainda cantada
Nessa alta colina um ano depois.
*

poesia em seus caminhos, sempre.
um beijo.

Vais disse...

Saudações, Moacy,
tem de você, do Balaio, do Poema, Porreta, Processo, sertão, caatinga, Seridó, lá nas caxangas

beijos, abraços e feliz tudinho

nina rizzi disse...

“Temperatura sufocante. O ar está irrespirável. O país está sendo varrido por fortes ventos. Máxima: 38º, em Brasília: Mínima: 5º nas Laranjeiras.”
Jornal do Brasil, 14/12/1968. Previsão do tempo

Manuella Epaminondas disse...

supinpa de bom!!!

C.Pinho disse...

UM NEM SEI O QUÊ DE SÃO JOÃO!

Falta um nem sei o quê de São João
Em meu triste coração!

Nem que fosse uma canjica,
Uma reza, um balão,

Um pedaço de mim mesmo,
Uma cantiga, um baião!

Falta um nem sei o quê de São João
Neste triste pobretão!

Nem que fosse uma mentira,
Uma prece, uma ilusão,

Um pedaço dela mesma,
Uma trança, uma paixão!

Falta um nem sei o quê de São João
Neste pobre e infeliz coração!

sandra camurça disse...

cadê o homem que postava aqui?
o lobo do homem comeu?

saudades...

Thiago Gonzaga disse...

caro amigo

Existe um blog para homenagear e divulgar a literatura potiguar
Peço a vocês, que divulguem esse trabalho sem fim lucrativo, que quer apenas valorizar as obras da nossa terra. Todos os homenageados vivos, estão sendo comunicados e estão muito felizes .

Existem muitos livros e escritores da terra que precisam ser relançados e reeditados urgentemente.
entao, estamos tentando chamar atencao dos governos municipal e estadual para essa causa, que é de todos.

101 livros do RN
http://101livrosdorn.blogspot.com/

Grato pela atenção

rita disse...

Cadê?

Thiago Gonzaga disse...

Caros amigos

Com único intuito de divulgar os grandes escritores
e grandes livros Potiguares , agora existe um espaço para valorizar as nossas obras literárias.

Peço a voces gentilmente , que divulguem esse trabalho sem fim lucrativo, que quer apenas valorizar as obras e os autores da nossa terra. Todos os homenageados vivos, estão sendo comunicados e estão muito felizes .

Muitos dos grandes livros e autores do RN precisam ser reeditados e relançados urgentemente, é preciso chamar atenção dos governos estadual e municipal para essa causa .

Essa luta é de todos os Potiguares

101 livros do RN (que você precisa ler).

http://101livrosdorn.blogspot.com/

Grato

Praias Algarve disse...

Gostei especialmente do "Abraços partidos". Volte e nos contemple com seus posts.

sandra camurça disse...

saudade, saudade e saudade...
beijos

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Caro amigo,
Estou com um novo blog: CINZAS E DIAMANTES. Já linkei o seu blog nele. Desta vez falo sobre literatura, história, política, comportamento, música, teatro e muito mais.
Apareça! Abraço bom!

Cinzas e Diamantes

Dilberto L. Rosa disse...

Rosselini era mesmo f...! Revi-o com "Roma cidade Aberta, recentemente: genial! E você, não está na hora de atualizar esta sua bela lista com o melhores vistos em 2011 e, aproveitando o ensejo, voltar ao mundo blogueiro?! Abração, meu velho, e boas festas!

Anônimo disse...

AÍ MOACI CYRNE, TE PEGUEI AMIGO VÉIO!!!!!!!!!! MUITOS ABRAÇOS DO CABRAL!!!!!!!!

HTTP://LETRASTAQUARENSES.BLOGSPOT.COM

Cosmunicando disse...

Moa, de alguma forma sei que vai chegar até você: deixo aqui registrado o meu carinho e do Rubens, nesta pequena homenagem que fizemos a você na edição especial de Quadrinhos da nossa revista digital, a Rebosteio... saudade grande e imenso abraço nosso!
Eis o link:
http://issuu.com/rebosteiodigital/docs/rebosteio_especial_quadrinhos

Anônimo disse...

Olá, Moacy. É um prazer ler seus blogs. Sou grande admirador seu. Edson Rontani Júnior - Piracicaba (SP) erj@merconet.com.br

Iara Maria Carvalho disse...

saudade docê!

Cosmunicando disse...

nossa imensa e eterna saudade, Moa.
boa viagem <3

sandra camurça disse...

que você esteja bem seja lá onde flor...
descanse em paz
e amor...

doni seo disse...

obat kuat

pemutih badan

obat asam urat

obat pelangsing

obat hernia

obat diabetes

obat herbal

game pc

obat kuat semarang

http://www.kecantikan.web.id disse...

Inilah 5 Bahan Terbaik untuk Detoks Kulit‏ Anda

Inilah 9 Cara Mengelupaskan Kulit Tanpa Scrub

Inilah 3 Penyebab Perempuan Cepat Tua dan Keriput