terça-feira, 13 de março de 2007

Amanhã, 14 de março, será um dia marcado por emoções fortes. Pela manhã, na Capitania das Artes, a cidade comemorará o Dia Nacional da Poesia, com um café festivo e a palestra do Prof. Humberto Hermenegildo sobre Jorge Fernandes; à tarde, por volta de 16 horas, na Feira dos Sebos de Natal, em plena Praça André de Albuquerque, teremos um debate sobre os 40 anos do poema/processo; à noite, no Frasqueirão, acontecerá o jogo Fluminense x América, pela Copa do Brasil. Haja coração...


BALAIO PORRETA 1986
nº 1971
Natal, 13 de março de 2007
Poema/Processo, 40 anos


64 FILMES EMBLEMÁTICOS

Animação
Velhas lendas tchecas (Trnka, 1953)
Labirinto (Lenica, 1962), curta

Aventuras estéticas
Contos da lua vaga (Mizoguchi, 1953)
Falstaff (Welles, 1966)
Crônica de Ana Madalena Bach (Straub & Huillet, 1967)
Barry Lyndon (Kubrick, 1975)

Nostalgia (Tarkóvski, 1983)
A bela intrigante (Rivette, 1991)

Bangue-bangue
No tempo das diligências (Ford, 1939)
My darling Clementine (Ford, 1946)
Matar ou morrer (Zinnemann, 1952)

Johhny Guitar (Ray, 1954)
Rastros de ódio (Ford, 1956)
O homem que matou o facínora (Ford, 1962)

Brasileiros
Rio, 40 graus (Nelson Pereira dos Santos, 1955)
Vidas secas (Nelson Pereira dos Santos, 1963)
Deus e o diabo na terra do sol (Glauber Rocha, 1964)
São Paulo S/A (Luiz Sérgio Person, 1965)
Terra em transe (Glauber Rocha, 1967)
O bandido da luz vermelha (Rogério Sganzerla, 1968)
Assuntina das Amérikas (Luiz Rosemberg Filho, 1975)
Cabra marcado para morrer (Eduardo Coutinho, 1984)

Comédias
Sherlock Jr. (Keaton, 1924)
Em busca do ouro (Chaplin, 1925)
A General (Keaton & Bruckman, 1927)
Luzes da cidade (Chaplin, 1931)
As férias do Sr. Hulot (Tati, 1953)
Quanto mais quente melhor (Wilder, 1959)

Dramas espirituais
Dia de ira (Dreyer, 1943)
Diário de um pároco de aldeia (Bresson, 1950)
A palavra (Dreyer, 1955)
O evangelho segundo São Mateus (Pasolini, 1964)

Dramas existenciais
Morangos silvestres (Bergman, 1957)
A aventura (Antonioni, 1960)
Eclipse (Antonioni, 1962)
Persona (Bergman, 1966)

Experimentais
Um cão andaluz (Buñuel, 1928), curta
O homem da câmera (Vertov, 1929)
Cidadão Kane (Welles, 1941)
Ano passado em Marienbad (Resnais, 1961)

Ficção científica
O dia em que a Terra parou (Wise, 1951)
La jetée (Marker, 1963), curta
2001: uma odisséia no espaço (Kubrick, 1968)
Blade Runner (Scott, 1982)

Guerra
A grande ilusão (Renoir, 1937)
Glória feita de sangue (Kubrick, 1957)

Musicais
Cantando na chuva (Donen & Kelly, 1952)
Amor, sublime amor (Wise & Robbins, 1961)

Policiais & similares
Laura (Preminger, 1944)
O segredo das jóias (Huston, 1950)

Janela indiscreta (Hitchcock, 1954)
A marca da maldade (Welles, 1958)

Políticos
O encouraçado Potemkin (Eisenstein, 1925)
Tempestade sobre a Ásia (Pudóvkin, 1928)
Alemanha, ano zero (Rossellini, 1947)
La terra trema (Visconti, 1948)
Nuit et brouillard (Resnais, 1955), curta
O leopardo (Visconti, 1963)
A batalha de Argel (Pontecorvo, 1965)
La hora de los hornos (Solanas, 1968)
Carta para Jane (Godard, 1972)
A revolta do Chile (Guzman, 1975-79)
Um dia muito especial (Scola, 1977)
Hitler, um filme da Alemanha (Syberberg, 1977)

10 comentários:

Anônimo disse...

moacy, grato pela folha porreta. Estaremos (eu e Iara) em Natal/RN, para o dia da poesia. Grande Abraço.

Wescley J. Gama

Bosco Sobreira disse...

Caro Moacy,
Muito interessante a sua relação de filmes. A postagem de ontem me fez encontrar excelentes poetas e criadores.
Forte abraço.

Francisco Sobreira disse...

Moacy,
Com o respeito e a admiração que tenho por você , me permito discordar da inclusão de "Kane" e "Marienbad" na categoria de filmes experimentais, Agora, uma pergunta cretina? vai ver o Tricolor? Um abraço.

Moacy disse...

Caro Sobreira: Provavelmente o seu conceito de "experimental" é diferente do meu. Se KANE talvez mereça uma discussão mais ampla sobre a sua possível "experimentalidade", MARIENBAD, no meu modo de ver, é francamente "experimental". Um abraço. Ah, sim: claro que irei ao Frasqueirão torcer pelo Nense. Mas será um jogo bastante difícil.

sandra camurça disse...

Blade Runner!
Amo esse filme, cara!
Sabe, andando à noite pelo centro do Recife e vendo a miséria e decadência da cidade junto aos ambulantes que vendem CDs piratas, ops, genéricos, lembro imediatamente desse filme, um grande filme. Valeu a lembrança.

E dá-lhe Nense!!! Enquanto isso meu Santinha tá f... Tem até gente dizendo que Charles Muniz (o técnico) tá aceitando até aleijado no time. Sacanagem ,né não? Ria não, cara, ria não, pô!

Beijos.

Jens disse...

Nos faroestes eu incluiria Shane(não, na verdade gosto mais da refilmagem com o Clint Eastwood - Cavaleiro Solitário, se não me engano). Nos policiais e similares, O Falcão Maltês e Casablanca.
Lista é assim né: o cara publica e vêm os chatos como eu dar pitaco.
Um abraço.

Moacy disse...

Que chato coisa nenhum, caro Jens: chato seria se todos tivessem a mesma opinião, os mesmos gostos, os mesmos interesses. Afinal, os pitacos sõ necessários, sim. Um abraço.

Bosco Sobreira disse...

Meu caro Moacy,
Parabéns pelo Dia Nacional da Poesia!
Forte abraço.

Theo G. Alves disse...

Moacy,
agradeço demais pela tão desejada folha porreta ser concedida ao meu pequenino universo virtual.

Foi ótimo encontrá-lo!

E deu Flu, hem...

Abraço!

Marcos A. Felipe disse...

O filme de Solanas me persegue.