quarta-feira, 28 de março de 2007

POEMV AZUL
para ser mastigado
ao som de
Tom Zé.
Ou de Hermeto.

(Moacy Cirne,
poema/processo,
projeto inaugural: 1998)


BALAIO PORRETA 1986
nº 1982
Rio, 28 de março de 2007



É Tudo Verdade 2007
MAIS KIESLOWSKI
Ontem, no CCBB (Rio)


** /Ótimo/:
Eu era um soldado (c-d: Titkow, 1970), curta
* /Bom/:
O escritório (1966), curta
# /Interessantes/:
O bonde (1966), curta
Concerto dos desejos (1967), curta
Da cidade de Lodz (1969), curta


UMA PIADA
Virgindade 2005


Primeira noite de um par recém-casado.
Quando vão para a cama, a moça diz ao rapaz:
-- Sabe, amor, eu não disse a você,
mas eu não sei fazer nada de nada.
-- Não se preocupe, minha linda. Você tira a roupa
e deita sobre a cama, abre as pernas
e deixa que eu faço o resto.
E ela, muito meigamente, responde:
-- Não! Trepar, eu trepo bem pra caralho.
O que eu não sei é lavar, passar, cozinhar...

[ in Contravento, de Acir Vidal ]


Repeteco
Humor via internet, através de uma amiga cearense
QUANDO OS CEARENSES DOMINAREM O MUNDO!
( Autoria anônima )


Todo mundo sabe que os cearenses estão por toda parte.

Em geral, o cearense é aquele sujeito baixinho que é o guardador de carro em São Paulo, o chef de um restaurante da Madison em Nova York ou o designer que bolou o logo da Eurocopa em Portugal. O que pouca gente sabe é que na verdade isso é uma bem arquitetada jogada que visa plantar gente nossa em postos-chave da administração mundial. Quando estivermos prontos, será deflagrada a grande tomada de poder e meu conselho é que você fique imediatamente amigo ou amante de um cearense, pois sabe como é: pros amigos tudo, para os inimigos, a lei!

Tomaremos o poder a partir de uma senha preestabelecida, que só um cearense saberá o significado oculto. Ao berros de Queima Raparigal! as hostes de cabeças-chatas invadirão os parlamentos e palácios e todos os jornais e as redes de tv do mundo ocidental e oriental.

Ninguém desconfiaria que Juvêncio Araripe, humilde faxineiro da CNN, na verdade é um professor do LIA, que rapidamente conectará a rede de Atlanta para nossos propósitos.

Elegeremos um papa cearense, Raimundo I, que canonizará Padre Cícero e determinará que daí por diante em todas as igrejas católicas a hóstia seja feita com macaxeira. Essa simples bula papal fará com que a economia do Ceará dê um salto. O único problema é achar uma mitra que caiba na cabeça do papa, mas nós cearenses sabemos improvisar: Raimundo I usará uma fronha de travesseiro enquanto não se encomenda outra.

A Literatura de Cordel ganhará status de arte maior, e Clodoaldo Mastrúcio ganhará o Nobel de Literatura com seu livrinho A moça que engravidou do cavalo e a besta da sua mãe. Polidamente, Clodoaldo recusará as coroas suecas, alegando que gosta mesmo é de uma bichinha mais nova. Aí explicarão o mal entendido e ele vai aceitar a grana numa boa. Nas artes plásticas, os desenhos com areia colorida irão ocupar alas e alas do Louvre. Para arranjar espaço para as garrafinhas de areia colorida, todas aquelas velharias do Turner e do Delacroix serão levadas para decorar a salinha do faxineiro ou serão jogadas no Sena. Menos a Monalisa, pois na avaliação de Serotônio Macêdo, novo curador do museu, ela é uma caboca danada de aprumada.

O novo secretário geral da ONU será Severino Cavalcante - nenhum parentesco, mas a cara é igualzinha -, que resolverá o conflito Israel/Palestina doando vastas extensões do sertão cearense pros brigões. A ata de doação será concisa e formal. Nas suas palavras: "Olha, bando de mulambeiros, a terra é seca do mesmo jeito e o mar é da mesma cor. Deixa de frescura que vocês nem vão notar a diferença e o Ceará ainda é maior que aquela tripinha de Gaza."

A música cearense tomará o planeta. Numa revanche histórica, teremos as categorias de música anglo-saxã e artista bretão no Grammy, para dar uma chance a esses aculturados, já que nossa música será hegemônica. O mesmo se dará com o Oscar (que passará a se chamar Oscarito, numa concessão que faremos a um grande cômico do sul do país). Bolaremos uma categoria que premiará o melhor filme de cangaço, melhor cena de amor numa jangada e melhor mocotó, dado para as atrizes mais pernudas. Para apresentar o Oscar, nada de Jon Stewart! Tiririca será o escolhido e Didi Mocó destronará Chaplin como ícone da comédia.

O rodeio será substituído pela Vaquejada, a coca-cola pela água de coco, Ipanema por Jericoacoara, chiclete por banana, Trafalgar Square pela Praça do Ferreira, Gandhi por Antônio Conselheiro, Átila por Virgulino Ferreira, Dick Cheney por Tasso; e por aí vai. Destruiremos Brasília e em seu lugar abriremos um depósito de lixo atômico. A Nova capital do mundo ainda será Nova York, mas a gente vai rebatizá-la de Nova Quixeramobim e vamos trocar aquela estátua cafona por uma enorme gostosona de biquini, bem feminina, bem cearense. Em todo o globo, os MacDonalds passarão a ter novo nome: MacQuixadá, cuja principal especialidade será hambúrger à base de rapadura.

Não vejo como o plano possa falhar, pois cada vez mais nossos agentes se espalham pelo Brasil e pelo mundo todo. Só nos resta esperar, numa rede... para fazer inveja aos baianos.

5 comentários:

sandra camurça disse...

Moacy, muito saboroso o teu poema.

Muito hilário o "Quando os cearenses dominarem o mundo!". Sabia que minha família é toda do Ceará? Praça do Ferreira, Quixeramobim, Quixadá...Tudo isso é muito familiar.

Ah, gostei que só da primeira parte do "Diarim de Maria Bunita".

A propósito: Nunca sei se devo vir aqui de preto ou azul. Na dúvida vou alternando. Mas bem que o Blogspot podia disponibilizar mais cores, não achas? Verde rosa lilás, vermelho laranja amarelo. Outras cores, outros signos...

Beijo Azul
:)

Lívio Oliveira disse...

Hilário!!!!!!!!!!
Tive umas duas ou três namoradas belíssimas do Ceará e....eu nem sabia que estava perto, assim, do poder mundial.
Abraço de Lívio
p.s. Obrigado, Moacy! Rir me fez bem!

sandra camurça disse...

Oi, Moacy,

Obrigada pelo toque da Carta Maior, já me cadastrei e divulgarei a notícia aos amigos e blogueiros. beijo.

Aline disse...

Aqui,como sempre, muito bom!

Um beijo.

Jens disse...

Salve Moacy:
O PC está com problema, por isso ando sumido. Mas vou dar uma passada lá no site da Carta Maior e me cadastrar. Não podemos deixar este espaço acabar. Um abraço.