terça-feira, 19 de junho de 2007


Mais uma vez o Seridó, mais uma vez o nosso Rio Grande:
eis Serra Negra do Norte,
espaço onírico do poeta José Lucas de Barros
[ foto extraída de Terra Potiguar, sítio desativado ]


BALAIO PORRETA 1986
nº 2040
Rio, 19 de junho de 2007


PLUVIAL
Márcia Maia
[ in Tábua de Marés ]

nas águas do rio
as sombras dos carros
o lixo e a lama e as sobras
impuras escuras escusas
que ocultam (no leito
do rio) o caos da cidade


Cinema
OS MELHORES COMEDIANTES

Somente agora vimos que a Folha Ilustrada publicou no dia 3 do corrente mês uma pesquisa sobre os melhores comediantes estrangeiros e nacionais da história do cinema. Foram consultados 30 especialistas, entre os quais Rodrigo Fonseca, Inácio Araújo, Ruy Castro, Sérgio Augusto e Sérgio Alpendre (editor da revista Paisà e do blogue Chip Hazard). Não nos consultaram, claro, mas eis o nosso pitaco:
Comediantes estrangeiros -
1. Buster Keaton
2. Charles Chaplin
3. Jacques Tati
Comediantes nacionais -
1. Oscarito
2. Grande Otelo
3. Mazzaropi


A BIBLIOTECA DOS MEUS SONHOS
666 livros indispensáveis (20b / 111)

Viagens de Gulliver [1726], de Jonathan Swift. Trad. Octavio Mendes Cajado. Porto Alegre: Globo, 1953, 256p. [Adquirido em Natal, nos anos 60, na Loja de Livros] Um dos maiores clássicos da literatura mundial, quer por sua escrita, sempre deliciosa, quer por sua fina ironia, sempre satírica. Contém um bom estudo introdutório de Eugênio Gomes sobre a vida e a obra de Swift, que nasceu em Dublin a 30 de novembro de 1667.

Novelas francesas, de vários autores. Seleção: Alcântara Silveira. Trad. Leyla Perrone-Moisés e outros. São Paulo: Cultrix, 1963, 256p. [Livro adquirido em Caicó em setembro de 1964] Ótima coletânea de algumas das mais conhecidas novelas produzidas na França: Bola de sebo (Maupassant), A Fanfarlô (Baudelaire), Um coração simples (Flaubert), A mosca (Musset), As almas do purgatório (Merimée). E mais duas, sendo Micrômegas (Voltaire) uma delas .


||||||||||||||||||||||||||||||||||||

A Terra está em perigo iminente e só um plano de resgate planetário a salvaria do cataclismo ambiental imposto pelas mudanças climáticas. As palavras não são de ecoterroristas fazendo proselitismo panfletário, mas sim de importantes cientistas escrevendo numa prestigiada revista acadêmica. Seis especialistas de algumas das principais instituições dos EUA, entre elas a Nasa, publicaram um alerta nada ambíguo: a civilização está sendo ameaçada pelo aquecimento global. (Steve CONNOR, Civilização ameaçada, in O Globo/Ciência, Rio, 19/6/2007, p.30)

5 comentários:

Jens disse...

Moacy:
De início não liguei para essa conversa do aquecimento global amraçar a civilização. Bobagem, pensei. Mas agora, não sei não, não sei não...
***
Belíssimo o quadro do Fábio Eduardo no post abaixo.

Rita disse...

Veja um blog sobre a Coreia do Norte em Português, com fotos e vídeos.
Da autoria de uma jornalista portuguesa que esteve na Coreia em Agosto de 2006.

http://coreiadonorte.wordpress.com

Marco disse...

Mais um belo recanto potuguar, caro mestre Moacy. E espaço onírico para outros, além do bravo Zé Lucas.
Sobre os comediantes que você sugeriu, concordo. A acrescento nos estrangeiros Laurel & Hardy e os Irmãos Marx. Nos nacionais, Zé Trindade e Wilson Grey.
Quanto ao alerta dos cientistas, eu já li este filme. Tá no livro "Os Exilados de Capella".
Carpe Diem.

Moacy Cirne disse...

Sim, é verdade, caro Marco: o Gordo e o Magro, os Irmãos Marx, Zé Trindade e Wilson Grey merecem ser citados. Além de Cantinflas, não? Um grande abraço.

Márcia disse...

Só hoje vi seu comentário, Moacy. Tênquio de novo.
Beijo.