terça-feira, 24 de julho de 2007


Uma explosão de luzes e cores:
devaneios que se fazem poesia
na foto de Telmo Freitas.
[ in Olhares ]


BALAIO PORRETA 1986
nº 2071
Rio, 24 de julho de 2007


POEMA
de Carlos Pena Filho (PE)
[ in Livro geral, 1959 ]

Senhora de muito espanto,
vestindo coisas longínquas
e alguns farrapos de sono,

eu vim para te dizer
que inutilmente contemplo
na planície de teus olhos
o incêndio do meu orgulho.

Senhora de muito espanto,
sentada além do crepúsculo
e perfeitamente alheia
a realejos e manhãs.

Eu vim, para te mostrar
que se inaugurou um abismo
vertical e indefinido
que vai do meu lábio arguto
ao chumbo do teu vestido.

Senhora de muito espanto
e alguns farrapos de sono,
onde o céu é coisa gasta
que ao meu gesto se confunde.

Um dia perdi teu corpo
nas cores do mapa-mundi.


UM POUCO DO GLOSSÁRIO NORDESTINO
[ in Dicionário do Nordeste, de Fred Navarro ]

Biloura (RN, PB) : Síncope, ataque
Caxarenga (AL, SE) : Faca velha
Corno de biqueira (PB) : Corno manso
Fianga (CE) : Rede velha [e rasgada]
Funhenha (PI) : Tesão/arrepio
Homeopatia (PE) : Cachaça
Ispilicute (CE) : Dondoca, perua, ricaça
Jegue-manso (BA) : Amante discreto, come-quieto
Labrocheira (CE) : Mulher sem requinte ou desclassificada
Mal-de-amores (CE) : Doenças venéreas, em geral
Mangangão (BA) : Poderoso, ricaço, "autoridade"
Mangar (RN & outros Estados) : Zombar
Manicaca (RN) : Sujeito que só faz o que a mulher permite
Rabichola (PB) : Bunda, nádegas, rabo, traseiro
Torar (RN & outros Estados) : Decepar, cortar
Xiringada (RN, AL) : O mesmo que esguichada, jato d'água


A IMPERATRIZ DE MIZOGUCHI

Desde sábado, só tenho olhos para A imperatriz Yang Kwei-Fei (Mizoguchi, 1955), decididamente um dos maiores filmes que já vi, até hoje. Desde sábado, vejo e revejo A imperatriz Yang Kwei-Fei sem parar. Com sua delicadeza, sua elegância e seu colorido inigualável, é uma obra como poucas. Uma jóia rara do cinema japonês e mundial. Como jóia rara, do mesmo Kenji Mizoguchi, é Contos da lua vaga (1953).


UM BLOGUE PORRETA

O Refúgio, de Sandra Camurça.
Tapeçarias verbais e grafiteiras.
Pernambucanálias variadas.
As dimensões salvadoras da Poesia.

||||||||||||||||||||

Na verdade só sabemos quão pouco sabemos - com o saber cresce a dúvida. (Johann Wolfgang GOETHE. Arte e antiguidade [1826], in Máximas e reflexões. Lisboa : Guimarães Editores, 1987, p.79)

9 comentários:

ana de toledo disse...

Bom dia Moacy!
Também adoro o cinema japonês e amo as animações. Você já viu a Viagem de Chihiro? É uma beleza realizada por Hayao Miyazaki. Um abração

sandra camurça disse...

Imagina se você não ia indicar o refúgio como um blogue porreta. Tava na expectativa (risos). Adorei!Adorei!Adorei! Adorei também o belíssimo poema de Carlos Pena Filho!

Postagem histórica (risos).
Vou salvá-la em meus documentos.

Ah, amei a definição do blogue.

Beijo Imenso, Menino Moacy.

Jens disse...

"alguns farrapos de sono": PQP!!! (no melhor sentido). Me deu uma funhenha.
***
Quanto à Sandrinha, é um encanto de mulher que merece tudo de bom.

Ericsson disse...

Grande Moacy, amanha cedo estarei de partida para a tão sonhada caicó, prestigiar a nossa querida Festa de Santana e naquela terra ver o mecão vencer mais uma no brasileiro. Muito obrigado pelos parabens, fico feliz com o Fluminense, um forte abraço e até breve.

Moacy Cirne disse...

Boa Festa, caro ERICSSON. Os amigos rubro-negros que me desculpem, amanhã também estarei torcendo pelo América. Um beijo na Thaís. E um grande abraço.

sergio andrade disse...

Moacy, onde viu o filme do Mizoguchi?

Marcelo F. Carvalho disse...

Sandra é tudo de bom! Ótima indicação, sem dúvida!

Sandra Leite disse...

adorei...o glossário!
adorei...a dica sobre Sandra "Tapeçarias verbais"

Moacy vc é bom demais da conta (super mineira nesses dias)

bjos das montanhas

Marco disse...

Apreciei muito o glossário. Eu me lambo com essas coisas.
Não conheço este filme. Fica a sugestão.
Carpe Diem.