sexta-feira, 18 de julho de 2008


A arte fotográfica da russa
ALINA LEBEDEVA


BALAIO PORRETA 1986
n° 2372
Natal, 18 de julho de 2008

Viver a poesia é muito mais necessário e importante
do que escrevê-la.

(Murilo Mendes. O discípulo de Emaús, 1945)


POEMA
Tânia Diniz
[ in Garatuja, n° 48. RS, 1996 ]

Em corpoárido seco terreno
ardeste fogueiras, distraído
Fez-se fogo farto fogo-fátuo
e sem ti, anjo torto,
corpotraído,
jaz agora
fogo morto.


Memória 1997
12 LIVROS FUNDAMENTAIS
DA POESIA BRASILEIRA
segundo o poeta Luís Carlos Guimarães
[ in Balaio, n° 999, de 3/7/1997 ]

Estrela da vida inteira (Manuel Bandeira)
Reunião (Carlos Drummond de Andrade)
Obras completas (Murilo Mendes)
Obras completas (João Cabral de Melo Neto)
Poesias (Dante Milano)
Invenção de Orfeu (Jorge de Lima)
Poesias (Mário Quintana)
Navegos (Zila Mamede)
Poesias (Myriam Coeli)
Poesias (Gregório de Matos)
Poesias (Vicente de Carvalho)
Ausencia viva & Terra imóvel (Octávio Mora)


O QUE AS REVISTAS FEMININAS "ACONSELHAVAM"
ÀS MULHERES BRASILEIRAS

Em 1945:
A desordem de um banheiro desperta no marido
a vontade de ir tomar banho na rua.
(Jornal das Moças)

Em 1953:
O noivado longo é um perigo.
(Querida)

Em 1954:
Mesmo que um homem consiga divertir-se com sua namorada ou noiva, na verdade ele não irá gostar de ver que ela cedeu.
(Querida)

Em 1955:
O lugar da mulher é no lar, o trabalho fora de casa masculiniza.
(Querida)

Em 1957:
Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas.
(Jornal das Moças)

Em 1959:
A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas;
nada de incomodá-lo com serviços domésticos.
(Jornal das Moças)

Em 1962:
Se desconfiar da infidelidade do marido,
a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afeto.
(Cláudia)
[ Fonte: História e consciência do Brasil, de Gilberto Cotrim ]

4 comentários:

ana poeta. disse...

Moacy.


Esses "conselhos" nos dias de hoje parecem até "piada", ms cd época é uma história a ser contada por nós; (re)lembrar costumes e culturas é tb refletir sobre os valores que nos são transmitidos de geração a geração.
Qto aos livros, alguns são perolas preciosas...
Já o poema de Tânia é simplesmente arte feita com as mãos.Parabéns pela seleção de hj.

A imagem é belisisma, levarei cmg pra depois quem sabe rabiscar alguns versos.

Beijos Poéticos.
;**

Francisco Sobreira disse...

Moacy,
Bom esse "Poema". Aqueles versos, "fogo farto/fogo fátuo" , dão um bom efeito expressivo. Um abraço.

Jens disse...

Legal, Moacy, muito legal.
Hehehe, bagual e machista, vou imprimir os conselhos e distribuir para as candidatas à rainha do castelo, destacando os três ultimos.
Um abraço e um bom findi.

Maria Maria disse...

Nossa! Como os tempos mudam: os homens, as mulheres, o destino. Eu seria queimada viva, caso tivesse vivido esse massacre psicológico. Adorei as imagens!!! Beijos,Moacy,