domingo, 6 de julho de 2008



Vídeo do Maracanã Tricolor


BALAIO PORRETA 1986
n° 2361
Rio, 06/07/08

... nada pode ser maior que nossa paixão.
Nenhum título, nenhuma competição.
Nada pode ser maior que nosso amor.
(Marianna Impagliazzo)


ETERNO TRICOLOR
Moacy Cirne

para
os tios
Silvino (in memoriam)
Walfredo, Raimundo e Waldemar
Gérson, Toinho e Josebel
e para
Castilho, Didi e Telê (in memoriam)

Aprendi com os meus tios
e os meus heróis de infância
que uma paixão
não se constrói
sem sal, suor e sol,
poesia, potengis e epopéias:
uma paixão se constrói
grená que te quero grená e garra
garra que te quero grená e granito
seja nas esperanças mais delirantes
seja na paz de guerreiros alucinantes.
Aprendi
com meus tios e heróis
que existe uma paixão
moldada como um vendaval
de alumbramentos
tecidos com engenho, arte e ambrosias.
E se
os Deuses não souberam
contemplar o tempo templo
de um Maracanã
abençoado
por
homens e mulheres
crianças e velhos
em êxtase dionisíaco,
pior para Eles,
mil vezes Malditos
mil vezes Insensíveis
diante da vibração mágica
diante da emoção trágica
que terminaria por se desenhar
na geometria das tempestades
e auroras enlouquecidas.
Mal sabem Eles,
pobres Deuses sem brilho e sem humor,
que na alma de cada tricolor
existe um eterno amor.

Imagens/Vídeo:
1. De autoria desconhecida.

2. Extraída do sítio do Fluminense.
3. A partir de uma indicação do FluSócio.

6 comentários:

Vais disse...

Salve, salve Moacy,
quebrou tudo!
Belíssimo o poema!
boa semana
abração

Maria Maria disse...

Que sentimentalidade linda! Adorei!
Beijos

sandra camurça disse...

Eita amor roxo! Lindo! E o meu Santinha começou o Brasileirão da sé rie C perdendo, snif snif...
beijo.

anapoeta. disse...

Moacy.

Qdo se ama, apenas ama-se. Interessante as multi faces de um amor q parece tão comum, ms revela-se unico e verdadeiramente intenso. Parabéns!

Beijos Poéticos.
;**

Cláudia Magalhães disse...

Caramba! Que lindo, Moacy. Amei e amei! Beijos.

Janaina Staciarini disse...

U-A-U!
Paixão compartilhada, Moacy!
:)