terça-feira, 8 de julho de 2008


Suiça? Áustria? Alemanha?
Não tenho a menor idéia.
Só sei que a foto é de
Jovino Batista
in
Olhares


BALAIO PORRETA 1986
n° 2362
Rio, 8 de julho de 2008


O futuro é a única transcendência dos homens sem Deus.
(Albert Camus. O homem revoltado, 1951)


A BIBLIOTECA DOS MEUS SONHOS

Música clássica - Os grandes compositores
e as suas obras-primas,
de John Stanley. Pref. Georg Solti.
Livros e Livros, 1994, 272p.
Uma boa introdução ao universo da música erudita: sua história, seus instrumentos, seus períodos (da música medieval ao final do século XX), seus principais compositores, suas obras mais representativas, com algumas das gravações recomendadas (eventualmente discutíveis) pela conceituada Gramophone. Vejamos algumas delas, com nossas cotações (de *** /excelente/ a * /especialmente bom/):
Messe de Notre Dame (Machaut, por Andrew Parrot)
EMI ***

Missa Papae Marcelli (Palestrina, por Simon Preston)
Archiv *

Vésperas da Virgem (Monteverdi, por Philip Pickkett)
L'Oiseau-Lyre *

Harpsichord works (Couperin, por Kenneth Gilbert)
Harmonia Mundi ***

As quatro estações (Vivaldi, por Nigel Kennedy)
EMI *

Concertos de Brandenburgo (Bach, por Trevor Pinnock)
Archiv ***

Messias (Händel, por Christiopheer Hogwood)
L'Oiseau-Lyre **

Sinfonias n°s 94 & 104 (Haydn, por Colin Davis)
Philips **

Sinfonia n° 41 (Mozart, por Frans Brügen)
Philips ***

Viagem de inverno (Schubert, por Fischer-Dieskau & Gerald Moore)
Decca ***
Sinfonia n° 9 (Beethoven, por Kurt Masur)
Philips ***

Sinfonia n° 9 (Mahler, por Herbert von Karajan)
DG **
A sagração da primavera
(Stravinsky, por Charles Mackerras)
EMI *
Sinfonia
(Berio, por Pierre Boulez)
Erato ***

Um comentário:

adelaide amorim disse...

Algumas dessas músicas - Mahler, os concertos de Bach, a Nona de Beeth,o Stravinski, o próprio Vivaldi - percorrem a pele da gente em arrepio. Música é uma arte poderosa, Moacy.
Beijo pra você.