domingo, 31 de agosto de 2008



1.
Clique na primeira imagem
(La belle Liseuse, de L.-F. Comerre, 1850-1916)
para ver
Women in art,
de Philip Scott Johnson (2007),
ao som da Suite n° 1, BWV 1007, de Bach, por Yo-Yo Ma
2.
Clique na segunda imagem
(Marylin Monroe, em foto de 1962)
para ver
Women in film,
do mesmo autor,
igualmente ao som de J.S. Bach


BALAIO PORRETA 1986
n° 2415
Rio, 31 de agosto de 2008


Quando se terá o direito de instituir e de praticar uma crítica afetuosa, sem que ela seja tomada por parcial? Quando estaremos bastante livres (liberados de uma falsa idéia da "objetividade") para incluir na leitura de um texto o conhecimento que podemos ter de seu autor?
(Roland BARTHES. Sollers escritor, 1979)


APOSSADO
Romério Rômulo
[ in Recalcitrante, 15/junho/2008 ]

o amor chega
te aplica uma gravata destravada,
te morde até o tudo ser um nada,
te arrebenta a veia chamuscada.

o amor chega
te diz uma razão sobressalente,
te esmurra o queixo até quebrar um dente,
te faz se ver um verme de repente.

o amor chega
no salto estapafúrdio de um cavalo,
no canto estarrecido de um galo,
no estertor de um sino só badalo.

o amor chega
sem avisar de nada e chuta a porta,
sem perguntar se alguma coisa importa,
sem se inteirar se é viva ou se é morta.

o amor chega
da garganta traduz um brusco vento,
do estômago teu faz um tormento,
do intestino realiza o excremento.

daí, então
banguela, idiota a entender de nada,
chegado o amor, esqueces, e demente
num esforço frouxo que te sai dormente
ainda tens força pra gritar: amada!


RECOMENDAÇÕES DO BALAIO

[] O dinheiro, de Robert Bresson (1983),
lançamento em DVD da Versátil:
um filme imperdível.

[] Prontuário 666 - Os anos de cárcere de Zé do Caixão,
quadrinhos de Adriana Brunstein & Samuel Casal,
lançamento da Conrad Editora (São Paulo).


GRANDE SERTÃO: CAICÓS

Na próxima quarta-feira, dia 3, estarei em Caicó, no Seridó potiguar,
para abrir, às 8:30h, a VIII Semana de Estudos Históricos,
promoção da Universidade Federal do Rio Grande do Norte,
quando apresentarei a palestra/comunicação
Grande sertão: Caicós.
Na semana seguinte, em Natal, lançarei o livro
A cinemateca imaginária (Ed. Sebo Vermelho).

4 comentários:

Lívio Oliveira disse...

Fantásticos os vídeos, Moacy!
Quando for lançar seu livro, nos convide!
Abração!

Ane Brasil disse...

Aí, meu bruxo, tava com saudade de vocês também. Lindo o vídeo e esse poema... ao mesmo tempo que me é inédito é o tipo de coisa que minha mente reconhece... talvez alguém já tenha me dito algo parecido... ou, talvez, seja tudo aquilo que eu tenha pensado mas não tive tino de escrever.
Aí, boa estada lá em Caicó.
sorte e saúde pra todos!

Eliene Dantas disse...

Olá moacy, soube que vem pro seridó. Boa viagem e que seja muito produtiva, bj.

Sergio Andrade disse...

Fala, Moacy! Geniais os vídeos. O Dinheiro é mesmo imperdível. E vou procurar esses quadrinhos com Zé do Caixão. Um abraço!