domingo, 19 de abril de 2009

Sangria do Gargalheiras,
em Acari, RN:
os açudes do Seridó já começaram a sangrar

Foto:
Alex Gurgel,
in
Grande Ponto


BALAIO PORRETA 1986
n° 2633
Rio, 19 de abril de 2009

Algumas vezes também é agradável perder a razão.
(Menandro, séc. III aC)


10 POETAS POTIGUARES
Mário Ivo Dantas Cavalcanti

Ada Lima
Adriano de Sousa
Diva Cunha
João Lins Caldas
Jorge Fernandes
José Bezerra Gomes
Marize Castro
Paulo de Tarso Correia de Melo
Sanderson Negreiros
Zila Mamede


POEMA
Ada Lima
[ in Menina Gauche ]

Não sei falar, por isso escrevo.
Mas estou desaprendendo a escrever.


CASABLANCA
Adriano de Sousa
[ in Poesia. Natal, 2008 ]

play, sam
play as time goes by
porra, estou farto de ouvir esses velhos escrotos
citando-me em falas que não são minhas
e que eles rolam entre os dedos
como ranho de nostalgia impotente
por uma nuvem de vestido azul
um mcguffin sentimental de merda
para fazê-los engolir sem engulhos
a porra da propaganda de guerra
a porra da aliança dos babacas franceses
com os babacas do meu país
play, sam
play as time goes by
se ela pode eu também posso, caralho



10 POETAS POTIGUARES
Alexandro Gurgel

1. Ferreira Itajubá
2. Jorge Fernandes
3. Othoniel Menezes
4. Myriam Coeli da Silveira
5. Zila Mamede
6. Luís Carlos Guimarães
7. Francisco Ivan
8. João Gualberto
9. Marize Castro
10. Antoniel Campos


Almanaque
NOMES ESTRANHOS DE SERIDOENSES

Derossi de Medeiros Mariz
Vergniaud Lamartine Monteiro
Artéfio Bezerra da Cunha
Arécio Batista de Faria
Eulâmpio Pereira Mariz
Delsuíte Araújo de Brito
Delsulene Araújo de Brito
Vigolvino Pereira Mariz
Jamaildo Juvenal de Araújo
Davanzate Nazário de Medeiros
Osmêndia Santina de Araújo
Zurbaran de Brito Pereira

[ Fonte: Personagens serra-negrenses, de Pery Lamartine ]

9 comentários:

Cosmunicando disse...

Moa, que linda a espuma do açude sangrando!

e que saudade de ler a Ada... eu adoro.

o poema de Adriano tá mesmo uma anti-propaganda, um desabafo... e dizem que essa fala nem consta do filme, eu preciso ver de novo pra me certificar... rsrs

beijos

Mirse disse...

Bom dia, Moacy!

Que linda imagem da sangria no açude! Não tinha a menor idéia do que era isto. Quando ouvir falar em sangria em açudes vou ter essa imagem na mente.

Adriano de Souza, vai sangrar os que aqui hoje passarem.

Play, Sam...play as time goes by, PORRA! Ótimo!!!!

Dos nomes estranhos, o meu poderia estar na lista, conheço uma Santina!

Beleza esse Balaio!

Beijos, amigo!

Mirse

Marisol disse...

É sempreum belo espetáculo ver a sangria do açude de Gargalheiras

líria porto disse...

sangria das gargalheiras - o nome é tão bonito quanto a fotografia!!
besos

Adriano disse...

Gracias, Moacy.

Na nona linha, é
"para FAZÊ-LOS engolir sem engulhos"

Jens disse...

Oi Moacy.
Retornei às atividades virtuais, enfim.
Artéfio, Arécio, Eulâmpio? Putz, imagino como foi a infância deste pessoal. Pobres crianças.
***
Seguinte: te enviei pelo email do Balaio uma solicitação de entrevista. Avalia com carinho.
***
O Inter, campeão gaúcho de 2009, está metendo 7 X 0 no Caxias. Isto apenas no primeiro tempo. Hoje tem festa na aldeia.
um abraço.

luma carvalho disse...

olá, moacy...

preciso acrescentar a essa lista um nome de um senhor daqui destas bandas do seridó
:

PEDRO XIXI DOS SANTOS

e não é mentira, não!

beijos na alma
com sabor de "uma semana bem tranquila - agora sem trema"

luciana
luma
lua

nina rizzi disse...

nossa, tô passada com o poema do adriano. é.. caralho, porr(et)a!

a fotografia é linda. e aqui no ceará tá tudo sangrando também. até os pobres na praia :s

beijo.

doni seo disse...

obat kuat

pemutih badan

obat asam urat

obat pelangsing

obat hernia

obat diabetes

obat herbal

game pc

obat kuat semarang