terça-feira, 12 de maio de 2009

Foto:
Amanda Com
in
Olhares


BALAIO PORRETA 1986
n° 2659
Rio, 12 de maio de 2009

Só as santas
se desnudam por inteiro.
(Hildeberto Barbosa Filho, in Eros no aquário, 2002)


REBOLIÇO
Renato Caldas
[ in Fulô do mato, 1940 ]

Menina me arresponda
sem se ri e sem chorá:
Pruque você se remexe
quando vê home passá?
Fica toda balançando,
remexendo, remexendo...
Pensa tarvez qui nós véio
nem tem oio e nem tá vendo?

Mas se eu fosse turidade,
se eu tivesse argum valô,
eu botava na cadeia
esse teu remexedô...
E adespois dele tá preso
num lugá, bem amarrado,
eu pedia: - Minha nega,
remexe pro delegado.


CLARICE
Márcia Maia
[ in Mudança de Ventos ]

Toda uma vida e apenas três palavras. Dissera acácia, ao adolescer e apaixonar-se por um Artur que tantos criam imaginário. E então, antúrio, ao ser por ele brutalmente violada. Anos depois, disse nenúfar. Três dias antes de afogar-se onde nunca houvera água.


FALSA CALMARIA
Vivi Fernandes
[ in Chalé da Vivi ]

Calma.
Não te escrevo
não é por desamor.
É por espanto.

Calma.
Não te escrevo
não é por rancor.
É por quebranto.

Daqui a pouco,
vem uma enxurrada
de versos diversos
repletos com a tua alma.
Daqui a pouco,
tudo vai ser inverso:
meu destino na tua palma
e você me pedindo calma.

/Poema musicado por Ivan Lins/

16 comentários:

Mirse disse...

Bom dia, Moacy!

Linda a fotografia. A pura beleza negra!

As escolhas hoje estão demais!

Reboliço, está uma graça!

Clarice, uma dádiva.

Meu encanto ficou em CALMARIA de Vivi Fernandes, lindíssimo!

Parabéns, amigo!

Beijos

Mirse

líria porto disse...

comovida com a beleza da foto (tão linda como a noite) e dos versos.
besos

líria porto disse...

acácia - antúrio - nenúfar: santo dio, é de tirar o fôlego!!

até me lembrei da minha clarice:

aclamação
líria porto

quem pudesse ver e visse
a elegância de clarice
poderia adivinhar
em seus pés
as sapatilhas

ágil como uma corça
esguia igual uma espiga
quando clarice gira
deus do céu
virgem santíssima

viva clarice
viva

*

besosssssss

Lívio Oliveira disse...

Gosto demais de Renato Caldas. Consegue juntar humor e poesia.
Abs.

gabidogato disse...

Quais seriam as três palavras de Clarice?

Francisco Sobreira disse...

Caro Moacy,
Terminei há pouco de postar de novo. Agora ficou normal. No entanto, se quando você clicar no link do Luzes e aparecer a página dizendo que "esta página não existe", algo assim, você clica logo embaixo onde tem a frase "ir para a página principal do blog", algo assim, EM VERMELHO. Um abraço e obrigado pelo telefonema.

Mariazita disse...

Oi
Estes poemas são muito lindos. Nem sei de qual eu gosto mais...
Engraçado que, aos poucos, vai me ficando no ouvido a fala de Seridó.
No poema "Reboliço" fiquei em dúvida sobre o que seria 'turidade', mas com o decorrer dos versos percebi que é 'autoridade'.
Muito bom, este post.

E agora, anota aí no caderninho:
- Domingo e 5ª.feira - publico na "Casa da Mariquinhas";
- 3ª.feira - publico no "Olhai os lírios do Macuá";
- 4ª.feira - publico no "Histórias de Encantar":
- Sábado - dou assistência à publicação do meu amigo "Botinhas" - vc precisa ir lá rir um pouco.
Portanto, 4ªfeira é dia de novo encantamento...

ANOTOU? Olha que não volto a dizer mais nenhuma vez :)))
(Vocês viram aí uma série de TV francesa, "Alô, alô" ? Esta frase - não digo mais nenhuma vez - é de lá...

E agora vou dar um salto ao Sobreira, que ele publica à 3ª.feira.

Beijo
Mariazita

Adrianna Coelho disse...


a fotografia é lindíssima!
adorei Clarice... aliás, tudo o que está aqui hoje combina... (ah, nem vou explicar) rs

adorei tudo!

beijos, moa

nina rizzi disse...

negra como a noite e como os monóicos de líria, como as bonecas que envia, líria.

ai, caramba, que mulher belíssima!!!! e os versos abixo combinam com ela, hm? ou com esse nosso (meu) jeito de ver as ébanesas... de qualquer modo, o primeiro poema ne lembrou estes epigramas de Djalma Andrade >>

SATISFAÇÃO

Eu te escolhi tal qual és,
Quero-te assim, nunca mudes;
Encantado por teus vícios,
Nunca olhei tuas virtudes.

HIGIENE

Hoje só sedas consome
Essa mulata supimpa:
- Depois que sujou o nome
É que ela vive mais limpa.

rsrs. bons, né. feito o balaio!
beijo e inté ;)

Aline Christal disse...

Bom dia Moacy!

Começo pela Imagem: a belza negra me encanta de tal forma que viro lésbica na hora! Esta foto é linda! Olhando assim parece uma santa mesmo, quem sabe Iemanjá?

O poema de Renata Caldas junto com a foto é pura dança de Candomblé!

A Márcia Maia me fez lembrar que realmente a VIDA por ser dita em poucas palavras: paixão, imaginação e dor.

A Falsa Calmaria de Vivi deixar de ser poema para ser música, mas pra mim deixou também de ser música para virar hino!

Amei tudos! Faço de suas escolhas as minhas.

Abrejos

Mariana Botelho disse...

linda fotografia, Moacy. Essa moça (Amanda Com) tem vários trabalhos lindíssimos.

E o balaio, pra variar, está ótimo.

Canto da Boca disse...

Olá, tudo bem? A Maria Maria, é o melhor exemplo de corrente poética, vai-nos apresentando ao seu doce e encantador mundo...
Mas minha nacionalidade não é caboverdiana, embora meu coração seja. Cabo Verde está entranhado em mim, tanto quanto estou entranhado nele...
Voltarei ao seu Balaio com a calma que merecemos.
Obrigada pela visita ao Canto!
;)

Maria Maria disse...

Que jovem bonita! Parabéns pela escolha.E os poemas estão primorosos.
Ah, obrigada pela visita e por gostar do poema novo.

Ontem o balaiovermelho.blogspot foi a indicação do blog do dia no nosso programa de poesia Chá das Seis, que acontece todas às segundas das 18 ás 19h no cnagitos.com
Sou locutora e apresentadora deste programa junto com Fátima e Ari.
Fizemos uma retrospectiva da sua careira. Foi muito bom!
Se quiser participar conosco do programa é só adicionar o msn: radiocnagitos@hotmail.com
Será um enorme prazer!

Beijos,

Maria Maria

Carito disse...

post redondo, que nem terra, tanto que nem aterra, voa alto com tudo, tudo muito, muito bom demais das quantas, e quantas vezes é bom demais vir aqui...

orlando pinhº d-silva disse...

entro
saio
baleado
do
balaio.
a começar pela sublime foto inicial até ...
ficaria a noite inteira...
salve moacy!

BAR DO BARDO disse...

informações e textos quentes...