sexta-feira, 1 de maio de 2009

Impressionante imagem, 600 milhões de anos após o colossal Big Bang, em concepção artística divulgada esta semana pela Agência Espacial Europeia: trata-se da emissão de raios gama resultado da explosão do objeto mais remoto já visto até hoje, ou seja, o próprio Big Bang, que deu origem ao Universo. O evento ocorreu há mais de 13 bilhões de anos, isto é, há cerca de 13.600.000.000 de anos.

[ Clique na imagem para ampliá-la ]


BALAIO PORRETA 1986
n° 2647
Rio, 1 de maio de 2009

A fluidez necessária do que retroativamente chamamos de livros na Bíblia é especialmente evidente em Provérbios, que, conforme a concordância geral, é uma coleção de provérbios literários e poemas de Sabedoria.
(James G. WILLIAMS, in Guia literário da Bíblia, 1987)


O LIVRO DOS LIVROS
(24)

Texto estabelecido por
Robert Kermodensky, o Astrônomo

O Livro dos Provérbios

E deu-se que Moysés Sesyom do Sertão, assessorado pelo Senhor das Alturas e, secundariamente, pelo Senhor das Sombras e por Salomão, o rei das piniqueiras(ª¹), em andanças pelas ruas de Açu, anunciou os provérbios da Lei Divina. E os Provérbios ganharam as praças públicas e os becos estreitos da cidade. E os Provérbios foram. E os Provérbios são. E os Provérbios serão:

"Quem zomba do pobre insulta o Criador e a sua Palavra".

"O homem é amado segundo a sua prudência".

"Mais vale paciência do que valentia".

"Se o governante for um mentiroso, seus ministros serão maldosos".

"Cruel é o furor, mas quem resistirá ao ciúme?"

"Queres ser um bom cidadão? Conservas a prudência e a reflexão".

"Não comas o pão do avarento, nem sejas guloso por suas mulheres".

"Antes da ruína, o orgulho; antes da queda, a arrogância".

"O coração do homem planeja o seu caminho, mas é o Grande Senhor que firma os seus passos".

"Uma resposta branda aplaca a ira, uma palavra ferina
alavanca a cólera".


"Quem com terrorismo fere com terrorismo será ferido".

"Mais vale uma buceta na mão do que duas na imaginação".

"Onde entra a intolerância entra a putaria,
mas com os humildes está a sabedoria".


"Homem com homem não vira lobisomem,
mulher com mulher não vira jacaré"(ª²).


"Não trocais um bom inverno pelo mais sedutor dos infernos".

"Quando os açudes sangram, os seridoenses cantam e dançam".

"Olho por olho, dente por dente, sexo por sexo - assim é a vida".

"Mais vale o bom nome do que a boa palavra, mais vale o dia da sorte do que o dia da morte".

"De vizinho ruim nem o Senhor das Sombras quer saber".

"Uma mulher borogodosa(ª³), quem a encontrará? Seu valor é superior ao das deusas".

"A mulher graciosa é a coroa do marido, mas a de má fama é como cárie nos dentes".

"Quem ama a correção e a retidão ama o saber,
quem ama a canjica e a pamonha ama o sabor".


"Quem cultiva sua terra fartar-se-á de pão; quem cultiva sua mulher farta-se-á de chumbregação".

"Mais vale um jumento amigo do que uma carruagem de ouro".

"Tudo vale a pena se a alma não é pequena"(ªª¹).

"Fujas do tarrabufado(ªª²) como o fogo foge da friagem".

"A mulher que teme ao Senhor das Alturas merece ser louvada".

"O big bang nunca existiu, existirá o bang-bang"(ªª³).

Próximo capítulo:
O encontro de Moysés Sesyom do Sertão
com Moisés Sesiom do Seridó

Notas dos Editores:

(ª¹) Piniqueira : Empregada doméstica.
(ª²) Várias são as interpretações/transcriações para este Provérbio. As mais conhecidas são: 1. "Morte e vida estão em poder da língua, aqueles que a escolhem comerão do seu fruto" (segundo Frank Alterego, o Guia Literário, e seus seguidores da Patagônia); 2. "As palavras da maledicência são guloseimas que penetram até às entranhas" (segundo Romério Romério, a Matéria Bruta, e seus seguidores da Sibéria). Contudo, o Concílio de Caicó, realizado em 1748 da Era Comum, determinou com precisão teológica seu verdadeiro significado croata-campinense-carioca: "Cuidado com o andor que o santo é de barro".
(ª³) Borogodosa : Carinhosa; cheirosa; charmosa.
(ªª¹) Um poeta português do séc. XX da Era Comum, praticamente desconhecido de todos os estudiosos da literatura, retomará este Provérbio para elaborar seu poema, que decerto não resistirá ao tempo. Contudo, seu simbolismo antropológico-erótico-geográfico é mais do que evidente.
(ªª²) Tarrabufado : Palavreado rebuscado.
(ªª³) Impressionante como O Livro dos Livros, em muitas e muitas passagens, consegue ser profético. Escrito durante séculos, por vários escribas, entre aproximadamente o ano 969 antes da Era Comum [aEC] e o ano 169 da Era Comum [EC], vislumbrou inclusive a ficção científica de John Hawks e Howard Ford sob a mais pura perspectiva teológica, apontando para a criação musical do bangue-bangue, com seus heróis e seus bandidos. De resto, este é um Provérbio bastante polêmico e muito contestado pelos trabalhadores rurais de São José, no Seridó, e Sapé, na Parahyba.

6 comentários:

Mirse disse...

Impressionante a imagem!

É atual? Teremos um outro BigBan?

Porque aqui onde moro perto da ladeira Tabajaras, acho que já começou, mas por enquanto, está no BIG BANG BANG BANG....

Muito bom o Livro dos Provérbios, que por sinal está sendo citado hoje em Paz e Bem.

Coindidências!

Posso colocar no meu perfil, que sou borogodosa e que adoro pamonhas! E constará do Livro da Mais pura Verdade!

Muito bom, Moacy!

Parabéns, amigo!

Beijos

Mirse

poetrilhas disse...

País cheio de Sol Praias e Cachoeiras, aqui todo Trabalho é trabalho Forçado. (um Poetrilha em 1955)

Os egoistas vivem cheios de EUforia. Todas as outras pessoas cheias dos egoístas. (Poetrilha, sem data)

Nada é mais falso do que a verdade estabelecida. (Confúcio, depois de ter se tornado um Poetrilha)

Os Colunistas do futuro já virão ao mundo com olho em forma de fechadura e os Poetas de gabinete só com EGO e em SuperEUforia. (Poetrilha, antes da Ditadura)


Moacy,
risonhamente,
um beijo!

Dilberto L. Rosa (1991) disse...

Além de tuas fotos e de teus textos sempre ricos, muito bom começar com o 'big bang' e terminar com odes proféticas ao bangue-bangue EUA/Sertão!

De volta às paragens virtuais com tudo novo nos Morcegos, especialmente sobre uma das passagens do teu "livro dos Livros": "Se o governante for um mentiroso, seus ministros serão maldosos"... Afinal, os maranhenses parece que terão sarna pela eternidade... Abração!

Mariazita disse...

Oi, Moacy
Tudo bem que vc reside no Rio, mas seridó é o quê? Nome de uma terra?
Natalense é natural de Natal...lógico.

Voltarei com tempo para ler O LIvro dos Provérbios.

Beijinhos
Mariazita
A CASA DA MARIQUINHAS

líria porto disse...

de tudo que gostei, saliento a mulher borogodosa!!!
besos

Cosmunicando disse...

"Quem cultiva sua terra fartar-se-á de pão; quem cultiva sua mulher farta-se-á de chumbregação".


... sábias palavras! rsrsrs

beijos