sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Uma das mulheres de
Milo Manara,
autor de cinco ou seis obras inesquecíveis
dos quadrinhos italianos contemporâneos


BALAIO PORRETA 1986
n° 2894
Rio, 8 de janeiro de 2010

A pornografia, considerada como uma forma artística ou criadora de arte na imaginação humana, é uma expressão daquilo que William James chamou "mentalidade mórbida". Mas James, sem dúvida, estava correto quando propôs, como parte de sua definição de mentalidade mórbida, que essa abrangia "uma escala mais ampla" de experiência que a mentalidade saudável. ... O que efetivamente está em jogo? Uma preocupação com os usos do próprio conhecimento. Há um sentido em que todo conhecimento é perigoso: nem todas as pessoas estão na mesma condição como conhecedoras, ou como conhecedoras em potencial. ...Em última análise, o lugar que atribuímos à pornografia depende dos propósitos que estabelecemos para nossa própria consciência, para nossa própria experiência.
(Susan SONTAG. A imaginação pornográfica [1967], in
A vontade radical, trad. bras. 1987)



OS FILMES PORNÔS MAIS TESUDOS DO CINEMA
Seleção: Prof. Sérgio Villela - IACS / UFF, Niterói
[in Balaio n° 514, 14 / 7 / 1993]

1. Amor e humor (Joey Silvera, 1985)
2. Atrás da porta verde (J. Mitchell, 1972)
3. Uma aventura sexual (Henri Pachard, 1983)
4. As aventuras de Buttman (J.S., 1990)
5. Bacanal em Malibu (Alex DeRenzi, 1991)
6. Bem no fundo de Vanessa (Alex DeRensi, 1985)
7. Carrossel erótico (Anthony Spinelli, 1984)
8. Dançando na sombra (John Stagliano, 1990)
9. O diabo na carne de Miss Jones, I & II (Gregory Dark, 1972)
10. O diabo na carne de Miss Jones, III (Gregory Dark, 1986)
11. O diabo na carne de Miss Jones, IV (Gregory Dark, 1987)
12. Entre as bochechas (Gregory Dark, 1985)
13. Eróticos clássicos do passado (1914)
14. Os exercícios de Buttman (J.S., 1990)
15. Garganta profunda (Gerard Damiano, 1972)
16. O êxtase das garotas (Robert McCallum, 1980)


DO ERÓTICO AO PORNOGRÁFICO,
DO PORNOGRÁFICO AO ERÓTICO
Moacy Cirne

A diferença, muitas vezes, é sutil, é tênue, é uma linha imaginária entre o real e o concreto. A espetacularização dos efeitos especiais e/ou digitais talvez seja pornográfica em sua essência ideológico-mercantilista; o quadrinhista Milo Manara, decididamente não. Seus traços são eróticos, docemente eróticos, assim como O Cântico dos Cânticos, de origem bíblica. Também não é pornográfico Chico Doido de Caicó; no máximo, seria pornô-debochado. Já a fome, a miséria social, a "esperteza" supostamente cultural, a militância política das classes dominantes, o falso moralismo não passam de pornografia barata. Em arte e literatura, releiamos Bataille a partir de Sontag, "O obsceno, isto é, a extremidade da experiência erótica, é a raiz de energias vitais" (cf. A vontade radical, p.65). Ou seja, mesmo a pornografia, quando investe em nossas energias fundantes, pode ser positiva. É o caso de repetir o poeta: "Sejamos docemente pornográficos", até porque a pornografia está para o dionisíaco assim como o erotismo está para o apolíneo. Isto é, são - ou podem ser - faces de uma mesmíssima e criativa matriz cultural, de uma mesmíssima "moeda" social. Parafraseando o escritor norte-americano William Faulkner, em Palmeiras selvagens, digamos simplesmente o seguinte: entre a pornográfico e o erotismo, escolhamos o prazer.

ENIGMA
Marize Castro (RN)
[ in Marrons crepons marfins, 1984 ]

O que há de novo
entre minhas coxas
além de uma fenda
um atalhe
uma armadilha
para os mais desavisados?


PÁREO
Nel Meirelles
[ in Fala Poética ]

meu cavalo
serpenteia
pelas campinas
do teu ventre

o galope
germina
o trote
denso
do gozo


POEMA de Luma Carvalho
[ in Tamborete. Currais Novos, RN, 2003 ]

O pior (ou melhor, sei lá...)
De te amar...
É essa eterna e imensa
Saudade
Que sinto de você
Mesmo quando estamos abraçados...


DE UMA ENTREVISTA ETÍLICO-BALAIOGRÁFICA
COM CHICO DOIDO DE CAICÓ, EM 2004
P - Se vivo ainda fosse, você estaria fazendo o quê,
com seus 80 anos?

R - Em primeiro lugar, lambendo xibius; em segundo lugar, lambendo rapaduras; em terceiro lugar, não estaria lambendo o saco de ninguém. Sou caicoense dos bons, viu!?!



Humor / Repeteco
In UM ESTADO DE "GRAÇA",
de Celso da Silveira (Natal/Mossoró, 1997)

De André Avelino, depois de dez anos na moita pego em adultério com uma amante, desculpando-se com a mulher legítima: "Eu tava era te poupando, mulher!"

De Xixico Fernandes, um frasista de sete costados: "Se o jeito de evitar filho for aquele de gozar fora, ninguém conte comigo; na hora de gozar eu tenho vontade é de me ajoelhar lá dentro!"


19 comentários:

Bar de Ferreirinha 50 anos, desde 1959 disse...

Quero terminar como CDC, 80 anos e ainda escrôto.Um abraço nobre Presidente de Honra da Troça de Ferreirinha.Pituleira.

Mirse Maria disse...

Bom dia Moacy!

Balaio recheado de belos poemas e do tema de ontem, hoje e sempre: O pornoparlare!

Beijos

Mirse

Vais disse...

Saudações Moacy,
Êta Balaio quente!
totalmente demais a mulher se tocando, encaixou com as colocações da Susan, dos filmes e as suas
O Páreo do Nel é algo de visual, não somente do ato, mas a campina, o cavalo, o vento do galope
Poema de Luma, eterna terna saudade imenso abraço, lindo
ehehe cuidado com o Enigma da Marize, ótimo
Chico Doido, êta moço danado, até do além
e inspirantte Um Estado de 'Graça' do Celso, ahaha
abraço e otésim@ sexta e fim de semana

Mme. S. disse...

Chico Doido é o máximo mesmo.
Esse fragmento sobre erótico e pornográfico é mais que uma aula, é um ensinamento, moço.
beijos beijos
(ei, mandei um e-mail para você)

Anônimo disse...

Nunca é demais reler Chico Doido, Nei Leandro de Castro,
Moacy Cirne e o clássico Moysés
Sesyom:

Não posso mais suportar,
é grande a minha paixão,
perdôo-a,de antemão,
se Celina me matar.
Se dela me apaixonar,
terei uma paixão sem fim
e se alguém me vir assim,
mordendo os beicinhos dela,
se eu morrer fudendo ela
ninguém tenha dó de mim.

BAR DO BARDO disse...

Pornô para mim é um sacro de gatas!

Alma Fresca disse...

Alô Bardo de Bar, modera nos
trocadalhos.

Alna Fresca disse...

Convocação geral: o professor João da Mata, o Cuca Fresca, convida todos (nativos e inativos) desta cidade do Carnatal
para uma reunião do Canto do Mangue,às 16 hs. de hoje. Estarei lá lendo ll poemas Chico Doido. Evoé.

nina rizzi disse...

Oi, que coincidencia mesmo, hm? Mas se, após Manara, eu prossigo "delicada" (ai aquele chorinho é tãooo erótico), vc segue me fazendo tossir...

hm, tenho uma série de quadros, sem qualquer valor estético, intitulada "Sagrado e Profano"...

Bem, o erotismo é tão necessário quanto as auroras e a poesia; mas, o que é mesmo o pornô? depende do olhar, hm? aqueles contos da eleela, por exemplo, ai, adoro (apesar de nunca mais os ter encontrado); por outro lado há aquela pornografia gratuita, o sexo xomo mercadoria, e não estou falando das raimundinhas e resolutas... e, isso mesmo, pornô é a fome. Tou com um livro em mãos que tem um poema que fala isso, mas tem umas 500 páginas e não encontro o danado :s

ah, essa lista vai me ser muito útil.

Chico Doido tá qual Príapo, o lambedor de conas. Caiocoense sabe das coisas, né...

E o balaio, digo, a postagem, não podia terminar melhor: ajoelha e reza Xixico!

Um beijo, Moacy.

AL-Chaer disse...

Grande Moacy!!!

Fica difícil destacar os "pôstis" do BALAIO, pois cada um é melhor que o outro...

...mas este ALqui está especiALíssimo.

Milo Manara é um Gênio!

Copiei a fala de André Avelino (para garantir...he he he)


AL-Braços
AL-Chaer

Alma Fresca disse...

Ai,Moacy.Reproduz o ¨La Pisesse¨ (é assim que se escreve,
menina Nina ?) de Pica de Aço.Adoro
ver e ouvir mulher mijando. E você, Xixico ?

Assis Freitas disse...

Clássicos do cine pornô, quando ainda era cinema mesmo. Incluiria Calígula pela sequencia da festa no navio terrestre. Chico Doido como sempre sabe das coisas. Os poemas são a cereja do sorvete. É prá se lambuzar. Abraço.

Theo G. Alves disse...

vixe que o balaio hoje tá com a boca quente!!

nina rizzi disse...

Alma Fresca, Pisese (com só um S), do italiano, é peixe, eles também gostam do mijo quentinho das niñas... (fico cinemando a cena, né, rsrs), mas acciaio dá um bom trocadalho (!).

Se for do francês, eu fico com: bâton d'acier, também dá trocadilho e a sonoridade é pura música...

musical mesmo é suck my dick, né?

caralho, isso aqui tá ficando pornô, melhor sair assim:
peaches, pussy
yes!
save my ass.

rsrs.. beijos.

Sergio Andrade disse...

Na lista do meu xará ficaram faltando: The Opening of Misty Beethoven, A História de Joana e Ana, a Obcecada.

Alma Fresca disse...

Olha Nina Menina, só por que errei o nome do quadro do Pica de Asso, tão me beliscando mais que
tamborete de mercearia véia.Minha caxa de imeios tá lotada.Segundo informação do professor João da Mata, o Cuca Fresca,"La Piseusse"
quer dizer A Mijona.DExa pra lá: tô
arripiadinho com a história dos mi-
jinhos quentes das peixinhas.

O crítico de Blogue disse...

A postagem do Balaio tá mais excitante que fila de sessão
pornô em convento.Tem a Nina Rizzi,
o Chico Doido e o Espírito de Clotilde Alicate, puta importada de Campina Grnade.Apareceu até um tal de Alma Fresca.O Marcus Silva desapareceu.Bandeou-se para a galera do Substantivo Plural, dirigido por um tal de Tácito Costa, tão magro que nem tem leste nem oeste,Faria inveja ao perfil de uma velha raposa, hoje empalhada: o Marco Maciel.Disse-me
uma vez Clotilde Alicate que, jubtas, a bunda dos dois não dá um pastel.

líria porto disse...

escolhi ser resoluta, não puritana - tudo é questão de (bom) gosto... soda-se o resto!

a vida é bela, agente é que estrangula ela...

besos

O crítico de disse...

Vxi, Dumaresque, o do Nariz de Defunto, cuspiu no facão e chamou Franklin Jorge de ignornante.Pra quem não sabe, Franklin Jorge é um boneco de um ventríloquo dos Democrats.Boa mesmo
foi a postagem de Pimenta (o Henrique): Ai.