segunda-feira, 8 de março de 2010

Pormenor
Foto de
Jorge Casais


BALAIO PORRETA 1986
n° 2954
Natal, 8 de março de 2010

Parabéns aos caicoenses do Galo do Seridó, que, ontem, conquistaram o título de campeão do 1° turno do Campeonato Potiguar/2010, na vitória por 2 a 0 contra o América de Natal.



MAGIAS
Manoel Cordeiro
[ in Solitude, 1983 ]

A magia de teus saberes,
floráguaterra,
inaugura a Poesia que existe
em árvores, nuvens e oceanos.

A magia de teus quereres,
terráguafogo,
inaugura o Alumbramento que ilumina
tardes, luas e madrugadas.

Ah, a magia de teu corpo,
floráguatudo,
me inaugura, Abismado,
nas planícies de teu olhartigresa.



AINDA ASSIM
Adelaide Amorim
[ in Inscrições ]

toda saudade é bruma
e ainda assim
dói

saudade é como viajar
num barco que se perdeu


DESISTÊNCIA
Lívio Oliveira
[ in Telha crua, 2005
& O Teorema da Feira ]

Procurei no dicionário.
Não achei sentido
para o tempo que passou.



HORÓSCOPO DA SEMANA


Áries
Não se esqueça da importância social das mulheres.
Que tal passar uma semana sem ver televisão?
Escute Brahms. E Ellis Regina. E Naná Vasconcelos.
Presente para a amada: um livro de Clarice Lispctor.


Touro
Não se esqueça da importância cultural das mulheres.
Procure os amigos e amigas, longe do mundo virtual.
Veja Férias de amor, com Kim Novak.
Presente para uma amiga: rosas & chocolates.


Gêmeos
Não se esqueça da importância política das mulheres.
Muitos são os caminhos da aventura libertária: aproveite-os.
São Saruê que te quero Natal. Natal que te quero Cocagna¹.
Presente para a esposamante: beijos & auroras.


Câncer
Reveja Todas as mulheres do mundo, com Leila Diniz.
Estude o pensamento de Rosa Luxemburgo, a revolucionária.
Mulher, seja Pagu. Ou Maria Bonita. Ou Isadora Duncan.
Presente para a companheira: O segundo sexo².

Leão
Reveja Uma mulher é uma mulher, de Godard.
Releia O morro dos ventos uivantes, de Emily Bronte.
Procure ouvir Cantigas de Santa Maria, por Jordi Savall.
Presente para a mulher: os verdes mares do Ceará.

Virgem
A virgindade provoca câncer. E insônias incuráveis.
Sonhe com os anéis de Saturno. E de Júpiter.
Conheça a vida noturna de São Paulo. E de São Saruê.
Presente para uma prostituta: rosas vermelhas.


Libra
Viaje para o interior, para ver a luminosidade das estrelas.
Leia sobre o zenbudismo. E sobre o anarquismo.
Multiplique os pães da sabedoria literária.
Presente para as mães: sonhos & ambrosias.


Escorpião
Leia histórias-em-quadrinhos. E Zila Mamede.
Conheça Paraty, RJ. Conheça Mariana, MG.
Não se deixe enganar pela Veja ou pelo DEMotucanato.
Presente para a amadamante: o oceano e as estrelas .


Sagitário
Conheça os motéis de sua cidade; um por noite.
Lute a favor do feminismo. E de toda e qualquer minoria.
Ganhando na mega, doe 75% do prêmio para o MST.
Presente para a mulher de sua vida: uma viagem a Natal.


Capricórnio
Comemore o Dia Internacional da Mulher.
Leia e releia Clarice Lispector. E Emily Brönte.
Seja uma mulher docemente pornográfica.
Presente, presentes: rosas azuis para a mulher amada.

Aquário
Leia Rimbaud. Leia Camus. Leia Calvino.
Não perca tempo com o Big Bosta Brazil.
Marguerite Duras: seu cinema, sua literatura.
Um presente para a amada: uma tarde de primavera.


Peixes
Leia autoras femininas & feministas.
Um filme para rever: Uma mulher para dois.
Uma cantora para ouvir sem parar: Billie Holiday.
Um presente para a esposamada: vinhos & crepúsculos.

Serpente
Compreenda e sinta as manhas da mulher amada.
Leia Virginia Woolf. E Patrícia Galvão.
Procure conhecer a literatura asiática. E a potiguar.
Um presente das Arábias: Oropa, França e Bahia.


Notas:

¹ Cocagna : Lugar imaginário, de localização incerta, criação anônima do séc. XIII, desenvolvida em 1719 por Marc Antoine Le Grand. Cocagna é um país famoso por sua comida sofisticada, que cresce como flores. "Doces e chocolates nascem na borda das florestas, pombos assados voam pelos ares, vinho perfumado jorra de fontes e bolinhos chovem do céu. ... Os habitantes gozam de uma espécie de imortalidade porque desconhecem a guerra e, além disso, quando atingem cinquenta anos, voltam aos 10 anos de idade" (cf. Alberto Manguel & Gianni Guadalupi, 1999). A nordestina São Saruê (Manoel Camilo dos Santos, 1954) sob muitos aspectos lembra bastante Cocagna.

² O segundo sexo é um livro da existencialista Simone de Beauvoir, publicado em 1949.

12 comentários:

WELLINGTON GUIMARÃES disse...

MOACY, TEU BLOG ARASSADOR ME DESPERTOU PARA A VERDADE DA POESIA E DOS POETAS. DEPOIS DA FOTO ACIMA, DA LINDA FOTO ACIMA, VOU REVER OS MEUS POETAS QUERIDOS, E SEI DA IMPOSSIBILIDADE DO CONFRONTO. PARA MIM O SEIO DESSA MENINA É SUPERIOR AO QUE PODEM OS POETAS, AO QUE PODE A BELEZA DE UM POEMA.
UM GRANDE ABRAÇO.

Mirse Maria disse...

Oi Moa!

Parabéns aos poetas. Lívio em destaque, Adelaide Amorim e Manoel Cordeiro!

Parabéns pelo Fluzão!

Saudações tricolores!

Beijos

Mirze

WELLINGTON GUIMARÃES disse...

MIRSE, SAUDAÇÕES TRICOLORES?
NÃO TORCES PELO BOTAFOGO?

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Como sempre, a poesia é de arrebatar, depois o horóscopo... e the last but not the least... essa maravilhosa foto, bandeira para a próxima revolucao para comecar um mundo justo e igualitário a sério, porra!!
Kandandu

Milton Ribeiro disse...

Adorei a Adelaide. E parabéns pelo Corintians de Caicó!

nina rizzi disse...

aiai, sabe que nutro um amor eternoplatônico por esse poeta lá em cima. isso é uma confissão docmente bárbara e cocagnuda, como eu. uau, beijos&auroras; vinhos&crepúsculos. uau. mulher, mulher, mulher. "menina, pare de falar uau, parece adolescente..." aiaiai, eu desligo o telefone, suspiro longo... uau.

que peitinho, hein? merecia uma marca, não merece?

em tempo: lá no prozac, o que ouvia sem parar olhando obcecada pra jules e jim era billie holiday.

e ontem entoeei contatas no meio do xópim cidade jardim. aquele trio elétrico horrendo da caminhada das mulheres com sua submúsica e eu digo: "DaMata, vc ficaria envergonhada se eu virasse aqui cantata em contralto? daquelas que as pessoas ouvem e pensam "essa doida tá gritando massas em italiano?" aí eu canto, sabe, desse tempo de que fala Lívio, dessa saudade linda e desgraçada que me sente dade amorim... aí, umas senhoras que toimavam café se levantam, ficam procurando.. e eu com cara de pastel, digo, com cara de gabriela de renoir... e uma delas: Era vc??????? era sim. puca, não para não, que coisa linda...

camarada, hoje, que belo dia pra ser mais e mais e mais mulher...

e parabéns aos meus queridos seridolentes :)

e um beijo procê. daqueles carnavalescos de bandeira.

Assis Freitas disse...

Oferendas, reverências e conjugar o verbo idolatrar: às mulheres. Ou a uma mulher múltipla. Horóscopo carregado de lirismo. Abraço.

betina moraes disse...

mestre,


"saudade é como viajar num barco que se perdeu"

só por um canto tão belo assim já valeria a pena ter vindo...


um beijo querido!

Lívio Oliveira disse...

Bom demais estar por aqui, Moacy. Ainda mais com essas companhias maravilhosas. E esse seio é um convite mágico e pulsante.
Maravilha!

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Gostei do In Solitude... genial!!! :)

dade amorim disse...

uau, aqui a gente tem que ler o post, sempre sensacional, e também alguns comentários que - como dizer - são imperdíveis :D

Meu lindo, os presentes pro meu signo estão perfeitos. E não acredita quando dizem que todos os dias são da mulher, isso é deschavamento de machistas, misóginos e invejosos, não necessariamente nessa ordem. Ontem um desses me perguntou por que não tem dia do homem. Eu disse a ele = pela mesma razão por que tem que ter cotas para quem precisa acertar o passo.

O nome pode ficar assim mesmo, Moacy, o bom é estar aqui (rimou).

Marcelo Novaes disse...

Moa,



As sugestões para [os de] todos os signos estão ótimas!






Abração.