quarta-feira, 14 de abril de 2010

Capa do
Almanach Bertrand para 1913
por
Joaquim Guilherme Santos Silva
[ in Blog da Rua Onze ]


BALAIO PORRETA 1986
n° 2991
Rio, 14 de abril de 2010


Memória
VISIBILIDADE A OLHO NU
DOS PLANETAS EM 1949
Barão de Itararé
[ in
Almanhaque para 1949 ]

Mercúrio
Poderá ser visto a olho nu, em todo o Brasil, durante o ano inteiro, a qualquer hora do dia ou da noite, devidamente embalado, nas drogarias e farmácias com serviço noturno permanente, inclusive na ilha de Marajó e Niterói.

Vênus
Vênus ou Estrela da Manhã não é estrela. É planeta. E, além disso, aparece também de tarde. Durante o corrente ano entrará diariamente em conjunção com Mercúrio em todos os postos de combate às doenças venéreas, no hemisfério austral e Pindamonhagaba.

Marte
Este planeta deverá ser observado com extraordinário interesse durante o ano de 1949. Neste ano se discutirá, até tirar a limpo, o importante problema que consiste em saber, não se Marte é habitado, mas se é habitável. Há inúmeras famílias no Brasil que estão dispostas a tomar o primeiro foguetão que partir para aquele outro mundo, em mudança definitiva.

Júpiter
Estará em conjunção com Touro e Peixe a 1° de janeiro e, de acordo com a Balança, isto quer dizer que não teremos carne este ano no Brasil.

Saturno
Influenciado por Vênus, durante a Primavera, poderá ser visto, com seu anel de noivado, em conjunção com a Virgem.

Urano
Será muito mal visto em Alagoas, fazendo um movimento ascendente, em direção à Ursa Maior, ficando, finalmente, em oposição, ao lado do Leão do Norte, em frente única com o PSD e a UDN(*). Esse fenômeno foi observado, pela primeira vez, no século de Péricles e não poderá ser visto, agora, a olho desarmado.

Netuno
Este planeta está passando por uma grande transformação para melhor. Por isso, talvez, não se possa ver mais o seu célebre garfo. Para Netuno, agora é de colher.

Plutão
Este planeta não existe. Portanto, não poderá ser visto a olho nu nem a olho vestido.

Nota do Balaio:
(*) PSD e UDN : Partidos políticos brasileiros, extremamente conservadores - sobretudo a UDN -, anteriores ao golpe militar de 1964. Como os atuais DEMo e PSDB, privilegiavam as "massas cheirosas".



LIMONADA COM SAL
Marília
[ in Ainda Podia Ser Pior ]

Dizia o Manuel
Que uns tomam éter
E outros tomam cocaína.

Tem tristeza no meu bolso.
Mas, seu guarda,
Eu juro que é pra consumo próprio.


MÁXIMAS E MÍNIMAS DO BARÃO DE ITARARÉ
[ in Almanhaque para 1949 ]

Céu pedrento, chuva ou vento ou bom tempo.

Não há domingo sem missa nem segunda-feira sem preguiça.

Mais valem dois marimbondos voando que um na mão.

O sol é casado com a lua. Mas vivem separados.

Os homens são de duas categorias: - os solteiros e os loucos.

Quem não muda de caminho é trem.

A lágrima é o suor do coração.

O urubu é uma galinha verde de luto fechado.

O bacalhau é um peixe lavado e passado a ferro.

Este mundo é redondo, mas está ficando muito chato.



Diretamente do Blogue de Ailton Medeiros, de Natal
SENADORES DO RN SÃO OS MENOS PRODUTIVOS

Bancada de senadores do Rio Grande do Norte é a menos produtiva, revela o site Transparência Brasil. Garibaldi Alves Filho, José Agripino e Rosalba Ciarlini são responsáveis por apenas 17 iniciativas, nenhuma das quais aprovada.

Já os representantes do Rio Grande do Sul (Paulo Paim, Pedro Simon e Sergio Zambiasi, principalmente os dois primeiros) são os mais ativos.

Sozinhos, respondem por 372 proposições (17% do total), das quais 22 foram aprovadas (também o maior número entre as bancadas estaduais, correspondente a 15% do agregado)

10 comentários:

Henrique Pimenta disse...

:)

Mirse Maria disse...

Bom dia, Moa!

Adoro o SOL! É dos meus! Casou com a Lua mas vive separado. Manutenção, talvez.

Quero morar em Vênus.

Excelente dia, Beijos

Mirse

Assis Freitas disse...

Limonada com sal e para consumo próprio, precisa. O Barão tem sempre um saque legal. Abraço.

P.s. Ainda se fabricam almanaques?

Jarbas Martins disse...

é tudo verdade
primeiro o encontro com o velho Moá no aeroporto no mesmíssimo horário mas com destinos diferentes
foi sempre a nossa amizade marcada por dissidências e dispersão
meu coração continua taquicardiamente em sampa ou melhor em moema a mais bela tadução feminina de são paulo
os aviões fiéis de um campo belo
belo me dava lições de partir e chegar
minha paixão platômica descia a contrapelo como o tietê rumo às nascentes de nina rizzi campinas ribeirão preto franca
entradas e bandeiras
meus olhos e pernas aventurando-se em telas e salas de cinemas
enquanto aprendo mais uma lição de partir e chegar
e reaprendo a ler o teu horóscopo
calidoscópico

Maria Vieira disse...

hoje eu tomo limonada com sal.
abraço!

líria porto disse...

oi, moacy - no terceiro dia sem internet já morria de saudades do balaio! (é para consumo próprio, seu guarda...)

besos

nina rizzi disse...

poxa, feliz que tenha ido às "minhas nascentes", jarbas; mas ó: a feitura é cearense, viu seu moço. ando apaixonada pelo rios cearenses, sobretudo o acaraú, tão longe. mas o cocó, se encontrando com o atlântico, aqui nem pertinho da praia do futuro, em sabiaguaba (como são lindos os nomes), é de derreter os olhos...

mas, ao balaio, sou regida por mercúrio, dizem os bossais, mas a minha alegria não se encontra nas farmáscias, nem nos morros (antes, dentro de mim, sou neurótica), apesar de que um fumo d'angola me caia bem. olha que engraçado: as pessoas vão presas não por fumarem maconha, mas pelo porte, desse modo, se eu fazer um buraco numa árvore, colocar o baseado lá e fumar, sem tocar, não poderiam me prender, né? rsrsrs....

iatararé, itararé... impagável e pago todas.

bom dia.

Mme. S. disse...

é sempre bom ver destacado a inoperância desses nossos representantes no Senado. boa denúncia meu querido. um beijo estalado de saudades, S.

marilia disse...

Tão bom estar aqui, q não tem limonada com sal q resista...

abraçao, moacy

Marcelo Novaes disse...

Moa,




Vc aprimorou a arte do Barão de Itararé.




E o porte da Marília não se configura como crime. Não há dúvida a respeito.






Abração.