segunda-feira, 25 de junho de 2007


Depois de belos crepúsculos & auroras e de uma bela mulher,
abrimos exceção para a foto de uma placa inusitada,
numa rua de Cidade Satélite, em Natal:
seria cômico, se não fosse preconceituoso, poderíamos dizer.
O registro, em boa hora, foi feito por Augusto Ratis,
para a Agência Brasil de Fotojornalismo.


BALAIO PORRETA 1986
nº 2045
Rio, 25 de junho de 2007



ALUMIADA
de Lilia Diniz

Careço de ti
iluminando meus dias
com a lamparina
dos teus olhos


SOM
de Acantha
[ in La Vie Bohème ]

Gosto quando te calas
entre minhas coxas,
provocando silêncios
de se ouvir demais...


|||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||


"O Brasil não conhece Portugal. Tem dele uma idéia inteiramente arbitrária, onde a sua realidade aparece absurdamente desfigurada. Por culpa dos próprios portugueses, de alguns dos mais ilustres, de resto - poetas, escritores e políticos -, estratificou-se na consciência brasileira um perfil lusitano que em vez de ser um verídico retrato é uma execrável caricatura. Os países, como as pessoas, estão sujeitos a essas vicissitudes. Criam-se erradas famas colectivas como inexactas legendas pessoais." (Miguel TORGA. Ensaios e discursos. Lisboa: Dom Quixote, 2001, p.183)

6 comentários:

ACANTHA disse...

Mais uma vez, muitíssimo obrigada pela gentileza, querido MOACY...

Regina Pouchain disse...

Adorei a placa: SENSACIONAL!!!!!!

Jens disse...

Abaixo a discriminação! Os cuidados no trânsito devem ser estendidos a todos os bêbados, independente de faixa etária.
***
Acantha: é tudo de bom!

Regina disse...

Gol de Placa Moacy!!!!!!!
Meus parabéns.
Ritinha Cabriolé

Charlotte Sometimes disse...

Estou feliz por ter encontrado seu blog. Adorei tudo o que vi aqui.

Ainda não assisti "Os Sonhadores" até o final, mas pretendo. Acho que a maioria não entende o filme. Especialmente as mentes muito jovens e emburrecidas.

"Gosto quando te calas
entre minhas coxas,
provocando silêncios
de se ouvir demais..."

Amei esses versos. Sensuais ao extremo e de uma sutileza que encanta.

Pode ter certeza de que eu volto.

Beijos,
Charlotte

Sonia disse...

Então posso beber à vontade (estou em quase 70) e atravessar sem pergio.