quarta-feira, 30 de janeiro de 2008


LAN
e o carnaval carioca
Imagem
extraída do álbum
É hoje! (1978)
in
Artes


BALAIO PORRETA 1986
n° 2220
Rio, 30 de janeiro de 2008


OS GRANDES SUCESSOS CARNAVALESCOS
a partir de 1922 (4)

Tomara que chova (Paquito & Romeu Gentil, 1951), marcha
Último dia (Levino Ferreira, 1951), frevo

Lágrimas de folião (Levino Ferreira, 1951), frevo
Frevo n° 1 (Antônio Maria, 1951), frevo-canção
Retrato do Velho (Haroldo Lobo & Marino Pinto, 1951), marcha
Madalena (Ari Macedo & Airton Amorim, 1951), samba
Papai Adão (Klecius Caldas & Armando Cavalcanti, 1951), marcha
Às três da tarde (Lídio Macacão, 1951), frevo
Freio a óleo (José Menezes, 1951), frevo
Lata d'água (Luís Antônio & Jota Júnior, 1952), samba
Maria Candelária (Klecius Caldas & Armando Cavalcanti, 1952), marcha
Sassaricando (Luís Antônio, Jota Júnior & Oldemar Magalhães, 1952), marcha
Relembrando o Norte (Severino Araújo, 1952), frevo
Clarins da madrugada (Baltazar de Carvalho, 1952), frevo
Confete (David Nasser & Jota Júnior, 1952), marcha
Cachaça (Lúcio de Castro, Heber Lobato, Marinósio Filho & Mirabeau, 1953), marcha
Zé Marmita (Luís Antônio & Brasinha, 1953), samba
Barracão (Luís Antônio & Oldemar Magalhães, 1953), samba
A fonte secou (Monsueto Menezes, Raul Moreno & Marcléo, 1954), samba
História da maçã (Haroldo Lobo & Milton de Oliveira, 1954), marcha
Abre-alas (Belém, B. Lobo & Hinha, 1954), samba

Piada de salão
(Klecius Caldas & Armando Cavalcanti, 1954), marcha
Isquenta muié
(Nelson Ferreira, 1954), frevo
Maria Escandalosa (Klecius Caldas & Armando Cavalcanti, 1955), marcha
Mora na filosofia (Monsueto Menezes & Arnaldo Passos, 1955), samba
Recordar (Aldacir Louro, Aloísio Marins & Adolfo Macedo, 1955), samba
Ressaca (Zé da Zilda & Zilda do Zé, 1955), marcha
Tem nego bebo aí (Mirabeau & Airton Amorim, 1955), marcha
Micróbio no frevo (Genival Macedo, 1955), frevo-canção
Vão me levando (Dozinho, 1955), frevo-canção
Tiradentes (Mano Décio da Viola, Estanislau Silva & Penteado, 1955), samba-enredo


A BIBLIOTECA DOS MEUS SONHOS

É hoje!, de Lan (desenho) & Haroldo Costa (texto). Pref. Lena Frias. São Paulo; Rio de Janeiro : Irmãos Vitale, 1978. [] Maravilha das maravilhas: o traço do caricaturista Lan sobre as expressões emblemáticas (como o botequim, os instrumentos musicais, as mulatas) e as grandes figuras que fazem e/ou fizeram o carnaval e as escolas-de-samba do Rio, sublinhado pelos textos precisos de Haroldo Costa. "... o primeiro [livro] no gênero a fazer o registro gráfico do samba no Rio de Janeiro. Dia a dia. A vida e a vida do samba carioca" (Lena Frias). São muitos os "retratados", sempre de forma expressiva: Cartola, Nelson Cavaquinho, Isabel Valença, Jamelão, Nega Pelé (que ilustra a presente postagem), Dona Neuma, Xangô da Mangueira. E mais: Natal da Portela, Zé Keti, Paulinho da Harmonia, Mestre Fuleiro, Silas de Oliveira, Mano Décio da Viola, Dona Ivone Lara. E muito mais. E muito mais: Casemiro Calça Curta, Noel Rosa de Oliveira, Djalma Sabiá, Geraldo Babão, Duduca, Elton Medeiros, Martinho da Vila, Sérgio Porto.

5 comentários:

sandra camurça disse...

Não conheço o carnaval do Rio mas sei que tem uns blocos bacanas como o Suvaco do Cristo, fundado por Lenine, que é pernambucano, e Jards Macalé. As marchinhas são deliciosas. E a caricatura do Lan, genial.

Um beijo.

Carito disse...

Acabei de chegar do lançanemto da edição especial da revista... esqueci o nome, mas não esqueço que é sobre o poema-processo... cenas do próximo capítulo! Parabéns mestre Moacy! Com/versando com o jornalista Alex de Souza, pensamos: "só faltou contextualizar o ontem fundamental para o hoje" - observação feita pelo ótimo artista gráfico da revista, o amigo Afonso Martins. Em tempo: essa frase em aspas é o que eu achei que escutei da conversa. Cara, é importante demais essa memória!

Carito disse...

Ah! E na mesa do bar, Alex de Souza comentou que você, através de seu blog, continua na vanguarda, no espírito da COLAGENS! E eu, metido, faço um trocadilho com COLÁGENOS!

Ane Brasil disse...

Cara, adoro carnaval. vou querer dar uma olhada nesse livro do LAn!
Aff, tava lendo os nomes das marchinhas e cantarolando...
Se tem uma coisa no samba que me comovo é o casal Zé da Zilda e Zilda do Zé... que coisa linda!
Sorte e saúde pra todos

Saramar disse...

As ilustraçoes sobre carnaval estão belíssimas.
E o resto também...
beijos