sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

A destruição de Sodoma e Gomorra,
na visão dos ateus,
segundo
Gustave Doré
(1832-1883).
Na verdade,
a destruição de Axé Musiqueta e Gonorreia,
segundo os textos da história consagrada
pelos verdadeiros crentes.


BALAIO PORRETA 1986
n° 2560
Rio, 6 de fevereiro de 2009

Não há um estilo bíblico, um ponto de vista bíblico ou uma mensagem bíblica:
há estilos, pontos de vista, mensagens.
( John B. GABEL & Charles B. WHEELER.
A Bíblia como literatura, 1990)


O LIVRO DOS LIVROS
(6b)
Texto estabelecido por
Moatidatotatýne, o Escriba

A destruição
de Axé Musiqueta e Gonorreia
- Parte 2 -

E o Senhor das Alturas, espantado, não entendia a reação das duas filhas de Pão-de-Ló, que não queriam ser violentadas pela plebe ignara. Mais espantado ficou ainda quando as duas, já fora de casa, se meteram na confusão lutando capoeira, sob as bênçãos de Mestre Bimba e os olhares atentos de Besouro Mangangá e Mestre Pestinha. E o Senhor das Alturas disse: "Vige Maria!, que mulheres mais atrevidas, são capazes de enfrentar qualquer carrumbamba"(¹).

Os dois jagunços também entraram na briga e no final, entre mortos e feridos, todos se salvaram, embora Pão-de-Ló, de tanto levar porrada, tivesse ficado praticamente cego. Mas os ânimos serenaram. Mas os ânimos diminuíram de intensidade. E um dos jagunços disse para Pão-de-Ló, já dentro de casa: "Não se preocupei, vamos ajudá-lo, a você e a sua família. Não somos de mijar para trás (²)". E assim foi. E assim aconteceu.

Quando rompeu a aurora abismada, como nos versos de um poeta de cordel paraibano, os jagungos insistiram com Pão-de-Ló, dizendo: "Ram'bora, toma tua mulher e as duas filhas, visse!, para não pereceres também tu por causa das sujeiras da cidade". E assim aconteceu. E assim foi. E quando se encontraram bem longe da cidade objetos voadores até então desconhecidos despejaram suas bolas de fogo sobre todos. E, em poucos minutos, total foi o esgalifamento (³) de Axé Musiqueta e Gonorreia. Só que Pão-de-Queijo, a mulher de Pão-de-Ló, cansada das pernas, não podendo acompanhá-los com a devida ligeireza, foi atingida por uma das muitas bolas de fogo. De tão destruída, ficou parecendo mais um monte de sal, a pobre coitada.

Pão-de-Ló, quase cego, ainda com medo da fúria dos céus, após orientação dos dois jagunços, foi morar nas montanhas com as duas filhas. Semanas se passaram. Passaram-se semanas. E a mais velha disse à mais nova: "Nosso pai já está velho e não há aqui homens com quem nos possamos amigar, como faz todo mundo. Vamos embebedar o pai com vinho e dormir com ele, para ter filhos dele". Embebedaram o pai naquela noite e a mais velha foi dormir com ele sem que ele nada percebesse, nem quando ela se deitou ao seu lado nem quando depois se levantou.

No dia seguinte a mais velha disse à mais nova: "Ontem dormi com o pai. Vamos embebedá-lo também esta noite e tu vais dormir com ele para gerar descendência de nosso pai". Também naquela noite embebedaram o pai e a mais jovem dormiu com ele, que nada percebeu. Assim as duas filhas de Pão-de-Ló conceberam de seu pai. A mais velha deu à luz um filho a quem chamou de Manuel Joaquim das Pradarias, que é o antepassado dos atuais manuelinos. Também a mais nova deu à luz um filho a quem chamou de Joaquim Manuel das Padarias, que é o antepassado dos atuais padeiros.

E o Senhor das Alturas a tudo via. E o Senhor das Alturas disse: "Fazer o quê? Durante muito tempo, gostando ou não gostando, assim caminhará a humanidade, como se fora um filme do futuro, estrelado por atores famosos, que ainda vão nascer".

Próximo capítulo:
Assim caminha a humanidade

Notas dos Editores:
(¹) Carrumbamba : Enrascada; aperto; apuro.
(²) Mijar para trás : Faltar com a palavra dada.
(³) Esgalifamento : Destruição; devastação.

Notas complementares:
(a) Mestre Bimba, Besouro Mangangá e Mestre Pestinha:
famosos mestres da capoeira.
(b) Poeta de cordel paraibano:
possível referência a Manoel Camilo dos Santos.
(c) Ram'bora: corruptela de 'Vamos embora'.
(d) Assim caminha a humanidade:
possível referência a um filme de 1956 da Era Comum estrelado por
James Dean, Elizabeth Taylor e Rock Hudson.

7 comentários:

WELLINGTON GUIMARÃES disse...

ESPERO QUE ESSA BÍBLIA VÁ ATÉ O APOCALIPSE. ESTOU ADORANDO. VOU POSTAR O RESTO. MAS NÃO É SÓ ISSO. TEU BLOG É MUITO BOM. ARRETADO. E VOCÊ GOSTA DE GONZAGÃO, O QUE JÁ É UMA DEMONTRAÇAÕ INEQUÍVOCA DE BOM CARATISMO.
UM ABRAÇO.

Beti Timm disse...

Mestre,
Pão-de-ló, inserido num caos "quase" organizado. Vou esperar o próximo capítulo, pra ver se o caos se organiza, acho que não!
Mestre seu comentário intríseco lá no meu cantinho, sempre me deixa literalmente babando. Aliás, vou ver se existe babadores descartáveis, pra vencer a demanda de babações...rs

Beijos como sempre encantados

Jens disse...

Oi Moacy.
Seguinte, talvez o Senhor das Alturas ou o Pão-de-Ló possam me esclarecer: que sacanagem rolava em Gomorra? Em Sodoma eu sei.
Um abraço.

romério rômulo disse...

moacy:
hoje,de ouro preto,vejo o senhor das alturas.
um abraço.
romério

Theo G. Alves disse...

moacy,

a bíblia já está sendo escrita... mas a igreja, vem quando?

abraço!

Cosmunicando disse...

tô adorando essa bíblia, Moacy... rambóra escrevinhar o resto =)
beijos

adrianna coelho disse...


"Não há um estilo bíblico, um ponto de vista bíblico ou uma mensagem bíblica:
há estilos, pontos de vista, mensagens."


moa,

tirando as gozações e as risadas do contexto, acho interessantíssima a releitura da bíblia que vc está fazendo, por saber que suas "intervenções" não escondem o que de fato está lá no "livro dos livros".
como eu não vou reler o original de novo, fico muito satisfeita (em todos os sentidos, do prazer ao riso) lendo o seu "livro dos livros"... rsrsrs

e vamos, que vamos!